Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
eu rosto, ganha no mês, nem poderá comprar o mesmo. Assim, vê-se que a crítica ao modo capitalista nesse fato de justifica. O mesmo ocorre hoje, sem grandes diferenças.De acordo com o conceito de capacidade tecnológica, podemos perceber o quanto se buscava de inovações para que os trabalhadores mais produzissem sem menor perda detempo. No filme de Chaplin essa crítica de materializa com o aparecimento de uma engenhoca que fosse usada pelos operários para suas refeições (com certeza, o momento dofilme que mais arrancou gargalhada dos espectadores). Com aquela espécie de inovação, que mais deu problemas do que soluções, pode-se perceber a preocupação dos senhoresproprietários dessas empresas e fábricas em diminuir o tempo do almoço e utilizar o tempo economizado para que os trabalhadores imediatamente voltassem ao trabalho, com aresponsabilidade de aumentarem a produtividade. Naquele período, tinha-se a preocupação, por parte dos proprietários, de sempre buscarem inovações. Seria, nesse momento,uma gota d’água para que o homem fosse substituído por máquinas. Máquinas essas que teriam que ser controladas por uma mão-de-obra específica, mais qualificada, fazendocom que muitos trabalhadores, que antes usavam a força e velocidade dos movimentos das mãos, fossem dispensados. Em tempos atuais, essa mudança está quase quepromovendo uma revolução, em que, quem não for qualificado o suficiente para trabalhar em um computador, ficará de fora do mercado de trabalho, uma vez que sem esse requisito,que se equipara ao fato de saber ler e escrever, tais indivíduos seriam considerados analfabetos, estariam excluídos das possibilidades de trabalho que hoje se manifestam.
tracking img