Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (560 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aluna: Patrícia dos Santos de Lima Matrícula: 2011735319
Turismo e Patrimônio; II Período

Resenha do texto: Estado, cultura popular e identidade nacional

Renato Ortiz começa o texto citando aidentidade brasileira em confronto com a cultura brasileira, que geralmente é um problema para o país, pois os “intelectuais”, elitizados, criaram uma imagem para o país sendo que a cultura, opopular cria outra totalmente diferente daquilo que era pra ser. No século XIX, a elite brasileira quer ser semelhante à Europa, mas aquilo que era popular não deixou essa imagem perpetuar.
Conforme otexto fala, o brasileiro é caracterizado sincrético: é branco, negro e índio.
E nos anos 50 e 60, começam a aparecer movimentos que se propõem a redefinir a identidade nacional e cultural. Tivemos essemovimento marcado nos anos 20 pela semana de arte moderna em São Paulo, que visava exatamente engrandecer a cultura nacional. Foi uma semana marcante para o país, pois vários intelectuais se reuniram afim de levar cultura e adquiri-la também.
Renato Ortiz dá exemplos de autores como Franz Fanon,que se utiliza de bases italianas,para nos mostrar como a identidade nacional e cultura estãoligados.Renato também diz que alguns autores brasileiros,como por exemplo:Euclides da Cunha,Silvio Romero e Gilberto Freyre,procuravam insistentemente definir o fundamento do ser nacional como base do Estadobrasileiro.
O grande objetivo era inserir a identidade alinhada ao Estado. Ocorreram algumas mudanças no Brasil e períodos diferentes, mas o objetivo sempre foi o mesmo.
Renato Ortiz utiliza doisexemplos para diferenciar a memória nacional da memória coletiva. Estes exemplos são: o candomblé e o folclore. Ele nos mostra como é relembrada a origem desses dois movimentos.
O candomblé e o folclorefazem parte da memória coletiva; pois seus rituais, suas danças, são realizadas para que a origem possa ser lembrada e passada à frente sempre, para os grupos que pertencem a esses movimentos, para...
tracking img