Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1181 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ALVES, Vânia Sampaio. Um Modelo de educação em saúde para o Programa Saúde da Família: pela integralidade da atenção e reorientação do modelo assistencial. Interface - Comunic., Saúde, Educ., v.9, n.16, p.39-52, set.2004/fev.2005.

1 CREDENCIAIS DO AUTOR

Vânia Sampaio Alves é graduada em psicologia e fez doutorado no Instituto de Saúde Coletiva (ISSC – UFBA), na área de concentraçãoCiências Social em Saúde. Psicóloga do instituto de saúde coletiva, da Universidade Federal da Bahia, tem interesse particular pelos processos subjetivos.

2 RESUMO DA OBRA

O texto apresentado trata-se de um artigo científico que tem por objetivo refletir sobre as práticas de educação em saúde no contexto do Programa de Saúde da Família. A autora toma como parâmetro a assimilação do princípio daintegralidade a fim de contribuir para a reorientação do modelo assistencial vigente, o Sistema Único de Saúde (SUS).
Na introdução do artigo a autora explica o modelo de saúde atual e a necessidade de sua reformulação para isso baseia suas afirmativas em estudos e livros de vários autores sobre o tema. Acreditando na importância da integralidade no cotidiano dos serviços de saúde para superar oatual modelo assistencial, que segundo ela, apresenta-se reducionista e fragmentário, a autora objetiva refletir sobre o princípio da integralidade nas práticas educativas desse espaço (PSF) que é considerado privilegiado para as ações de educação em saúde, uma vez que o mesmo tem como característica principal a proximidade com a população local.
Em uma primeira parte do artigo intitulada ‘Aintegralidade e reorientação do modelo assistencial’, Vânia Alves apresenta conceitos para a integralidade, que em consonância com o SUS, deve abranger tanto as “ações assistenciais ou curativas quanto, e prioritariamente as atividades de promoção da saúde e prevenção de doenças”. Portanto nas ações e serviços de saúde, a integralidade caracteriza-se pela indissociabilidade da assistência preventiva ecurativa, no entanto a autora sinaliza que o modelo hegemônico dicotomiza assistência e prevenção. Ainda sobre integralidade, a autora relata que no Brasil a política de saúde sempre esteve marcada pela verticalização das ações, o que não permite a integralidade de fato.
Em um segundo tópico a autora faz uma explanação sobre “Educação em Saúde” e apresenta um pequeno histórico sobre o tema. Elaconceitua educação em saúde com “um conjunto de saberes e práticas orientados para a prevenção de doenças e promoção da saúde”, e em seguida afirma que historicamente a educação em saúde no Brasil sempre esteve marcada por um discurso higienista e moralista, para atender os interesses das classes dirigentes do Estado, defendendo essa ideia Vânia apresenta uma serie de fatos e marcos históricos ecronológicos que embasam seu pensamento.
Na terceira parte estrutural de seu artigo, a autora apresenta dois modelos de práticas de educação em saúde: o modelo tradicional e modelo dialógico, tratando-os como dois polos opostos e extremos. Sendo “o modelo tradicional, historicamente hegemônico, focalizando a doença e a intervenção curativa e fundamentado no referencial biologicista do processosaúde-doença, preconiza que a prevenção das doenças prima pela mudança de atitudes e comportamentos individuais”. A principal crítica a este modelo de educação é pautada na não consideração dos determinantes psicossociais e culturais dos comportamentos de saúde.
Em contrapartida o novo modelo de educação em saúde pode ser classificado como modelo dialógico por ser o diálogo seu principal instrumento.O usuário dos serviços é reconhecido como sujeito portador de um saber, que embora diverso do saber técnico-científico não é deslegitimado pelos serviços. De acordo com esse modelo emergente todos, profissionais e usuários, atuam como iguais, ainda que com papéis diferenciados. “O objetivo da educação dialógica não é o de informar para saúde, mas de transformar saberes existentes. A prática...
tracking img