Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1035 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA ANALÍTICA DO TEXTO: “Como ler um texto de filosofia”.
Antonio Joaquim Severino
Professor titular, aposentado, de Filosofia da Educação na Faculdade de Educação da USP, ora atuando como docente colaborador. Licenciou-se em Filosofia na Universidade Católica de Louvain, Bélgica, em 1964. Na PUCSP, apresentou seu doutorado, defendendo tese sobre o personalismo de Emmamuel Mounier, em1972. Prestou concurso de Livre Docência em Filosofia da Educação, na Universidade de São Paulo, em 2000. Em 2003, prestou concurso de titularidade. Atualmente integra o corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da Uninove, Universidade Nove de Julho, de São Paulo. Dentre suas publicações, destacam-se Metodologia do trabalho científico (Cortez, 1975; 21. ed. 2000); Educação, ideologia econtra-ideologia. (EPU, 1986); Métodos de estudo para o 2o. Grau (Cortez, 1987; 5. ed. 1996); A filosofia no Brasil (ANPOF, 1990); Filosofia (Cortez, 1992; 5. ed. 1999); Filosofia da Educação (FTD, 1995; 2. ed. 1998); A filosofia contemporânea no Brasil: conhecimento, política e educação (Vozes, 1999), Educação, sujeito e história (Olho d´Água, 2002) e vários artigos sobre temas de filosofia daeducação. Seus estudos e pesquisas atuais situam-se no âmbito da filosofia e da filosofia da educação, com destaque para as questões relacionadas com a epistemologia da educação e para as temáticas concernentes à educação brasileira e ao pensamento filosófico e sua expressão na cultura brasileira.
INTRODUÇÃO:
A boa leitura de um texto, que envolve o aprendizado do conteúdo, fica mais fácilquando obedecemos uma seqüencia de etapas essenciais, conforme a seguir:
- Análise textural: alguns passos devem ser seguidos nesta primeira etapa, à seguir:
- Primeiramente, é preciso delimitar a unidade de leitura (Antonio J. Severino escolhe um texto de Paulo Freire – A importância do ato de ler – para servir de exemplo de estudo);
- Enumera-se, à lápis, todos os parágrafos que compões o texto.Servirá para a localização e a identificação das passagens;
- Faz-se uma ficha de leitura com a referência bibliográfica dessa unidade: o modelo dado para o texto do Paulo Freire, pelo autor, é o mesmo que tento esboçar neste trabalho (Resenha analítica do texto);
- Primeira abordagem do texto: identificação de pontos que precisam ser esclarecidos para que uma leitura efetivamente compreensivapossa acontecer. Qualquer palavra desconhecida do leitor, autores desconhecidos, teorias, fatos históricos, etc. , devem ser levados à biblioteca física ou eletrônica, com a finalidade de esclarecimentos; Pesquisa-se, principalmente, quem é o autor do texto pois, conhecer o autor ajuda muito o entendimento do texto;
- Feito o levantamento e pesquisa, volta-se para uma nova leitura panorâmica dotexto, preparando-se para a leitura temática do mesmo. É hora de fazer uma esquematização da unidade de leitura (plano e estrutura do texto).
- Análise temática: é a busca por compreensão , a mais objetiva possível, da mensagem do autor. Reconhecer o que o autor quer transmitir através do seu texto.
O autor estabelece ,no texto de Paulo Freire, os seguintes pontos: Tema, Problema, Hipótese,Demonstração, Idéias complementares. Mas, num texto científico acadêmico poderíamos abordar os seguintes pontos: Tema, sinopse, métodos, discussão, conclusão. Ou seja, para cada tipo de texto uma abordagem e escolha de pontos importantes.
- Análise interpretativa: fase mais difícil pois exige do leitor um certo grau de conhecimento do assunto, envolvendo a prática da crítica. Nesta fase, o leitordialoga com o autor do texto. Procura os pontos concordantes e discordantes entre este texto e o seu saber original. Identifica afinidades. Formulam-se criticas à construção do texto. Determina-se se o autor conseguiu atingir o objetivo proposto pelo tema.
- A problematização: momento onde são levantados os problemas para a reflexão pessoal ou para a discussão coletiva (seminário, debate, etc.)....
tracking img