Resenha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1741 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de Matogrosso do Sul
Curso de graduação em História
Disciplina: Geografia do Espaço Mundial
Docente: Professor Igor Catalão




SANTOS, Milton. In: Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro, Editora Record Ltda., 2006. 236p. capítulos I e II.; TENDLER, Silvio. In: Encontro com Milton Santos: o mundo global visto do lado decá (Documentário). Duração: cinquenta e seis minutos. Produtora: Caliban Produções Cinematográficas. Ano de lançamento: 2001 e BALMAN, Zygmunt. In: Diálogos com Zygmunt Balman – O mundo pós-moderno: A condição social (Entrevista). Edição 2011. Duração: trinta minutos. Fronteiras do Pensamento in YouTube.



ALMEIDA, Marcelo Gotardi de



Ainda há uma esperança.



O livro “Por umaoutra globalização: do pensamento único à consciência universal” capítulo I e II do geógrafo e professor Milton Santos (1923-2001) apresenta-nos com muita propriedade e, em tempo oportuno, uma visão geral do mundo atual conhecido como “mundo globalizado”. A partir da sua vasta experiência na área da geografia, ele discorre sobre a “realidade medíocre” que foi construída através dos anos pela epara a sociedade, onde vários aspectos da vida humana foram reduzidos a uma única abordagem, refém dos detentores do poder do dinheiro e da informação: que somos uma grande e próspera “Aldeia global”. Entretanto, o professor Milton Santos argumenta que para conseguirmos escapar deste malfadado engodo de “mundo” é imperativo que cada um de nós admita que estamos inseridos em três “mundos”: o primeiro,é o mundo fabricado e imposto, que é vendido como se fosse real: “Globalização como fábula”; o segundo, o mundo real, em confabulações e expectativas: “Globalização como perversidade”; e, por fim, o mundo que pode vir a surgir: “uma outra Globalização”. No decorrer do livro, o professor Milton Santos discorre sobre a globalização como “fruto” de várias medidas que criaram e perpetuam o mito domercado global, sustentado convenientemente pela e para a atual conjuntura política-econômica, citando, por exemplo, como explicações complementares à compreensão desse processo de internacionalização do mundo capitalista: a unicidade técnica, a comunicação em “tempo real”, o motor único na história atual e a capacidade de conhecer o nosso planeta que, todavia, conduz a um mercado global perverso.Concordamos com o autor, pois temos visto e sentido na “pele” o poder da tirania do dinheiro e da informação, que são os pilares da produção da história atual do capitalismo globalizado, legitimado pelo “pensamento único (e egoísta)”, enquanto tudo mais perde o seu valor, pois o que importa aos “manipuladores do poder” é tão somente afastar a crise (econômica e política) dos seus investimentosatravés de uma pseudo “boa vontade” em ajudar os menos desenvolvidos, como por exemplo, a transferência de um ponto de fabricação de tênis da multinacional NIKE para um país como a Tailândia (onde não existe uma tributação justa da hora do trabalhador) com um investimento irrisório em dinheiro e tecnologia, em troca de lucros exorbitantes.

Já no documentário “Encontro com Milton Santos: omundo global visto do lado de cá” o cineasta Silvio Tendler aborda, de uma maneira veemente e convincente, as principais ideias do professor Milton Santos sobre globalização, a mídia e a formação de opiniões, a tecnologia, a participação e a influência do “intelectual” na vida pública e política do país, as marcas da “resistência” e as perspectivas e sonhos dos jovens de hoje, entre outros temas derelevância para o nosso futuro. O documentário enaltece a capacidade interativa do professor Milton Santos diante de um mundo em processo acelerado de transformação. Vemos na combinação de imagem, texto, narração e trilha sonora a personificação de um “cidadão universal” onde o professor Milton Santos mostra toda a sua indignação e ao mesmo tempo, denuncia a realidade da miséria do mundo atual...
tracking img