Resenha- a historia das coisas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (788 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de São João Del-Rei

Segunda avaliação- Eletrotécnica

Integrantes:
Leandro de Assis Oliveira
Lucas de Souza Sant’Anna

Resenha:
No vídeo selecionado, “A história dascoisas”, podemos destacar a “seta dourada de consumo”, como sendo o principal instrumento da cultura do descarte. Do ponto de vista eletrônico, podemos chamar essa, de obsolescência planejada. Oresultado de toda essa situação é que bens, não apenas eletrônicos, são descartados em um curto período de tempo. Aumentando assim, a quantidade de lixo disponível.
A chamada obsolescência planejada é umapratica gerada em meados dos anos vinte pela General Motors, com a finalidade de aumentar do consumo pela rápida depreciação do bem, seja por causa de sua aparência ou funcionamento. Na década de1920, um cartel que reunia fabricantes de todo o mundo decidiu que as lâmpadas teriam uma validade de 1.000 horas (embora a tecnologia da época já pudesse produzir lâmpadas com filamentos mais duráveisde até 2.500 horas), como exemplo existe uma lâmpada de 100 anos que ainda permanece acesa em um quartel de bombeiro nos Estados Unidos em Livermore, Califórnia.
É fato que existe outra maneira paramelhorar o fluxo na qual a cultura de descarte gere menor número de dejetos e economize o consumo energético. É simplesmente o consumo consciente de energia. Com base em informação, devemos comprar umproduto com menor gasto energético, porém durável e certificado de ser uma fonte mais sustentável. Dessa forma, teríamos uma atitude mais correta.
Para exemplificarmos, podemos citar a utilizaçãodas lâmpadas existentes no mercado. Elas se apresentam, principalmente, em: incandescente, fluorescente e LED.
Nossa primeira lâmpada, a Incandescente, deu origem a diversas outras, como asHalógenas, que já não tem mais aquela coloração amarela das incandescentes e maior vida útil, as Fluorescentes tubulares, muito utilizadas no interior de edifícios e indústrias (costumam ter entre 30 mm e 40...
tracking img