Resenha ruben bauer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1532 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FIM DA PREVISÃO DE IMPREVISTOS

“Gestão da mudança: caos e complexidade nas organizações” (Bauer, 2009) refere-se às dificuldades enfrentadas pelas empresas para sobreviverem em um ambiente instável e imprevisível, pois utilizam modelos que são inadequados para a atual realidade. Assim, o autor Ruben Bauer apresenta a Teoria do Caos e da Complexidade como alternativa viável para a empresalidar com as descontinuidades ambientais.
Ao fazer uma retrospectiva histórica, o autor mostra que estas dificuldades estão relacionadas ao modelo mecanicista das organizações, marcado pela burocratização, controle hierárquico, especificação rígida de tarefas, estabelecimento de regras e regulamentos detalhados. Busca-se o rendimento máximo, ou seja, eficiência. As organizações funcionam comomáquinas que devem atingir objetivos pré-definidos. E isso somente é possível em condições ambientais estáveis, predominando-se o equilíbrio.
No entanto, verifica-se uma contradição deste modelo com a realidade atual, marcada por oscilações, em que as empresas afastam-se do seu planejamento original em função de imprevistos. Parte-se para o segundo estágio – modelo orgânico – em que se prioriza aeficácia (fazer bem feito e adequado às circunstâncias) ao invés da eficiência e considera que a firma está inserida em um meio ambiente em evolução, cuja sobrevivência está atrelada a necessidade de adaptação, ou seja, há um retorno ao equilíbrio.
Nestes dois modelos constata-se a tendência das organizações ao equilíbrio. E é justamente este princípio que dificulta a organização acompanhar a evoluçãodo ambiente no qual atua. Outra dificuldade refere-se ao princípio da linearidade causa-efeito, em que as decisões e ações devem conduzir aos resultados previstos.
A dinâmica organizacional contradiz a causalidade linear, pois as instabilidades características do meio ambiente inviabilizam a previsibilidade proposta pelo planejamento da empresa. As pessoas, partes constitutivas da empresa,exercem papel relevante neste contexto, devido ao seu comportamento imprevisível. Em outras palavras, as pessoas respondem de forma desproporcional aos estímulos recebidos do ambiente, pois o interpretam de maneira subjetiva.
Assim, as interações humanas podem conduzir a qualquer tipo de situação. Podem levar a estabilização do sistema (feedback negativo), caso o comportamento da maioria sejalimitado pelas regras e procedimentos vigentes. Diferentemente do feedback positivo, que tende ao desequilíbrio, pois os agentes têm flexibilidade, já que não seguem as normas. A “fronteira do caos” ocupa posição intermediária e permite à organização produzir o equilíbrio necessário para a condução eficiente de suas atividades de rotina e a instabilidade necessária para o surgimento das mudanças. Essamudança espontânea é definida pelo autor como auto-organização.
Assim, o autor apresenta três modelos, cujos conceitos provêm da Teoria do Caos e da Complexidade considerada adequada para aplicação na realidade organizacional.
O primeiro modelo, Order from noise, propõe que a auto-organização está diretamente relacionada à estrutura organizacional, pois o potencial de auto-organização de umaempresa reside em suas redes informais de interação entre pessoas, que estimulam a desordem (feedback positivo) conduzindo ao surgimento do novo por meio do aprendizado. Como dito anteriormente, este processo não ocorre em uma organização mecanicista, pois segue regras e normas que inibem as redes informais.
Nesse sentido, a tecnologia destaca-se como fator determinante para o surgimento de novascapacidades de fluxo e de processamento de informações, pois as interações entre as pessoas ocorrem automaticamente. Dentre os avanços tecnológicos, têm-se correio eletrônico, videoconferência, fórum eletrônico etc. O ponto relevante neste caso, não é a tecnologia em si, mas a sinergia resultante desse processo, visto que a produtividade e os resultados de trabalhos em grupo são potencialmente...
tracking img