Resenha inter-rail

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1244 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SANTOS, Ana. Inter-Rail. A Odisseia em Comboio. Lisboa: Celta, 1999, capítulos 1, 3, 5 e conclusões.

Resenhado por Henrique Monteiro de Amorim

O chamado Inter-rail é uma viagem de um mês pelas principais linhas ferroviárias da Europa e é praticada, majoritariamente, por jovens entre 19 e 26 anos de idade durante o período de férias de verão. O aspecto mais interessante para a análise daviagem é o fato de que os próprios jovens decidem os destinos de viagem, dentro de um vasto leque de opções no continente Europeu. Essa viagem não limita-se ao aspecto turístico, ela representa vários significados em relação a vida cotidiana e à esfera psicológica desses jovens. A própria autora, Ana Santos, fez essa viagem e percebeu o significado epopeico dela na vida dos jovens que compram obilhete de comboio.
Em sua etnografia, Ana Santos parte do pressuposto de que a viagem é uma pratica social de lazer, portanto um sistema de relações socialmente reguladas. Isso significa que mesmo analisando o comportamento desses jovens em seu tempo livre, não se pode desvincular desse estudo, os contextos socioculturais em que eles se encontram. A autora conta que tomou o método de recolhaetnográfica, analisando diários de viagens, cartões postais e historias contadas em entrevista. Assim busca-se entender o significado que essas viagens irão tomar no contexto de vida desses jovens e na identidade comum e particular dos chamados inter-railers.
No estudo dos inter-railers, apresentou-se um problema clássico de metodologia, o aspecto da singularidade, ou seja, a experiência recebidapor um indivíduo, que diferencia-se da unidade, que é a experiência vivida pela tripulação. A viagem mesmo sendo feita em coletivo, é também um evento particular, que tem suas representações e adquire um significado na vida de cada um desses indivíduos. Buscando explicar o significado epopeico do inter-rail, Ana Santos elabora duas metáforas: 1) o labirinto, que representa o percurso de vida decada um dos jovens e pode ser confundido com a mente deles; 2) as redes, que se exemplifica nas inúmeras possibilidades de viagens que esses jovens podem tomar, mesmo porque o bilhete do inter-rail permite ao viajantes construírem um itinerário próprio de viagem com vastas opções dentro dos vários países que estão na linha do inter-rail. Essa metáforas permitem compreender como se constrói asingularidade dentro desse sistema de redes complexas possibilitadas pela linha ferroviária européia, mas ainda não resolver o problema da análise da unidade, do coletivo.
Para fazer uma análise da unidade, a autora elaborou quatro categorias que permitem observar características do cotidiano da viagem: previsibilidade; ciclicidade; regularidade; banalidade. Essas categorias permitiram aconstrução de outra variável que permite o entendimento da unidade, esta variável se divide em quatro “dimensões da viagem”, elaborada pela autora. Essas dimensões são: a dimensão ritual, turística, das trocas, memorial. Não entrarei na explicação de cada uma dessas dimensões, mas sim no propósito delas que é apresentar o grande questionamento da etnografia. Qual é o significado da viagem para essesjovens? A autora chega a levantar a hipótese do inter-rail adquirir significado de rito de passagem, uma vez que o cotidiano de viagem é diferente do cotidiano anterior a ela o que faria com que esses jovens voltassem diferentes e com outra visão para suas casas. Vale lembrar que isto não é uma afirmação da autora, mas sim um levantamento importante para desenvolvermos o diálogo sobre o significado ousimbologia que essa viagem pode tomar na vida daqueles que a fazem.
Sendo um trabalho de pesquisa que faz uso de investigação sociológica, ela apresenta várias estatísticas, de forma a mostrar o perfil dos jovens que fazem o inter-rail. Percebeu- se uma predominância de jovens entre 19 e 26 anos, com nível de escolaridade alta e de origem social mais elevada. Como já foi dito, esses jovens...
tracking img