Resenha do livro prefacio historia social da criança e da familia philippe aries

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (949 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
|

Referência Bibliográfica:
Ariès, Philippe.Prefácio
In: Ariès,Phillipe
História Social da Criança e da Família.
Tradução: Dora Flaksman.
2.ed.Rio de Janeiro: LTC,
2006.p.x-xxii.

Notexto, “Ariès” demonstra que o surgimento da questão sobre a criança está ligado ao espaço que ela ocupa na modernidade. Ele mostra suas teses, sempre priorizando a convivência da criança nasociedade.

Procurarei resumi-las aqui, reduzindo-as duas.
• Sua primeira tese refere-se à vida da criança e do adolescente na sociedade tradicional. A educação dessas crianças não era feitas comohoje em dia com escolas que separam a criança do adulto, mas sim todos juntos dividindo os afazeres e problemas.
Quando acontecia o nascimento de uma criança, ela era vista como um animal. Seela viesse a falecer, não era dado nenhum valor e logo colocavam outra criança em seu lugar e que mais tarde será levada para o meio dos adultos.
• Em sua segunda tese ele mostra o novo papel dacriança e do adolescente na sociedade. A criança torna-se o papel principal na família. As crianças passam a estudar em escolas e separadas dos adultos. A sociedade passa a ser movida por conceitosreligiosos, que transformam a vida social e o sentimento das pessoas, mostrando a importância que a família tem na vida das crianças.
• Os jovens começam a passar por crises, resultantes da vontadedeles em passar para a vida adulta por falta de convivência na família e na escola. Também foram feitas críticas sobre a psicologia moderna, mas a psicologia e a história estão ligadas, um precisa dooutro para resolver determinados problemas, e como diz: (A.Besançon) “a criança não é apenas o traje, as brincadeiras, nem mesmo o sentimento da infância[ou seja modalidades históricas, empiricamenteperceptíveis]; ela é uma pessoa, um processo, uma história que os psicólogos tentam reconstituir, ou seja, um termo de comparação.”
• No texto os historiadores comparam vários fatores do passado...
tracking img