Resenha do 18 brumario

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1094 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha de 18 Brumário De Luís Bonaparte



Por Frederico Pereira



Em seu livro “O 18 Brumário de Luís Bonaparte”, Marx vem fazer uma analise histórica da França na época em que Luís Bonaparte governou a França – desde sua eleição até seu golpe de estado.

Acredito que uma das principais idéias do livro é de que a história é feita pelas massas, e não pelo individuo. Marxvai falar:

Os homens fazem a sua própria história, mas não a fazem segundo a sua livre vontade, em circunstâncias escolhidas por eles próprios, mas nas circunstâncias imediatamente encontradas, dadas e transmitidas (Marx, 1869).

O que Marx quer dizer é que apesar dos indivíduos serem os protagonistas da história, eles só podem escrevê-la até o limite que as circunstâncias darealidade lhes permitem.

Outro ponto importante é observação de Marx para a luta de classes. Ele observa bem como as classes lutavam pelo poder. Cada uma queria instaurar um modo de vida que fosse agradável para si. Essa luta de classes seria o principal motivo para as transformações da sociedade. Ele observa como sendo divida as classes como dominantes e dominadas. O antagonismo dessasclasses, pelo motivo da distribuição injusta de posses, criara um confronto de teor revolucionário.

A classe burguesa já fora uma classe revolucionária, pois não era a classe dominante, era a classe dominada, dominada pela monarquia. Após a revolução francesa, a burguesia começa a se tornar a classe dominante, e a partir desse ponto, ela deixa de ser revolucionária para ser conservadora,deixando que tudo esteja conforme lhe agrada. A Burguesia se torna em anti-revolucionária. Logo o proletariado se torna a classe dominada.

Na revolução francesa, a burguesia, que pretendia expandir suas fronteiras comerciais, se unira ao então General Napoleão Bonaparte. A classe esperava que Napoleão representasse seus interesses, e assim ele o fez. Napoleão destruira todo aquilo que pudesselembrar o antigo regime e criou um novo contexto para que pudesse se desenvolver o modo de produção a favor da burguesia. Napoleão Bonaparte governava para a burguesia.

A classe dominante manipulava as classes dominadas. Quando houve a Insurreição de Junho – onde os proletários se colocam em uma luta armada, incitada pela alta burguesia republicana que almeja o domínio e o conseqüente fim daaristocracia financeira – os insurretos, compostos pelas classes dominadas, são massacrados quando Partido da Ordem que reunia as maiores forças da sociedade francesa. Segundo Marx:

Durante as jornadas de Junho, todas as classes e partidos se tinham unido num partido da ordem frente à classe proletária, como partido da anarquia, do socialismo, do comunismo. Tinham "salvo" asociedade dos "inimigos da sociedade". Tinham dado como consigna ao seu exército as palavras de ordem da velha sociedade: "Propriedade, família, religião, ordem", e gritado a cruzada contra-revolucionária: "Por este sinal vencerás!". A partir deste momento, logo que qualquer dos numerosos partidos que se tinham agrupado sob aquele signo contra os insurrectos de Junho tenta defender o campo de batalharevolucionário no seu próprio interesse de classe, sucumbe ao grito de "Propriedade, família, religião, ordem!". A sociedade é salva tantas vezes quantas se vai restringindo o círculo dos seus dominadores e um interesse mais exclusivo é defendido contra um interesse mais amplo. Qualquer reivindicação da mais simples reforma financeira burguesa, do liberalismo mais vulgar, do republicanismo maisformal, da democracia mais trivial, é ao mesmo tempo castigada como "atentado contra a sociedade" e estigmatizada como "socialismo" (Marx, 1869).

Para Marx, a burguesia tinha estigmatizado as classes dominadas como anarquistas, socialistas ou comunistas.

Com a vitória de Bonaparte nas eleições, os legitimistas e o orleanista viram uma esperança de realizar suas pretensões de retorno à...
tracking img