Resenha carlos bagno

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (410 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Metropolitana
Curso: Hotelaria
Comunicação e expressão
Prof. Eronildo
14 Maio 2011Nathalia Hosana de Freitas Santos

Resenha: A língua descriminada

Marcos Araújo Bagno, mineiro de cataguases é autor também de livros infantisjuvenis. Escreveu um livro de contos, A invenção das horas, ganhador do IV prêmio Bienal Nestlé de literatura em 1988. É professor do departamento de línguas estrangeiras e tradução da universidade deBrasília, doutor em filologia e língua portuguesa pela universidade de São Paulo, tradutor, escritor com diversos prêmios e mais de 30 títulos publicados. Também foi publicado pela editora Loyolapreconceito lingüístico que traz uma discussão sobre as implicações sociais da língua. Onde a permanência do preconceito linguístico também se deve a oito (08) mitos presentes na vida e na fala dosbrasileiros.
Preconceito lingüístico: chama o leitor a fazer um passeio pela mitologia lingüística, afim de combater esse preconceito no nosso dia a dia.
O autor também separa o uso da língua em “certo eerrado”, dedicando-se a uma pesquisa, mas profunda e refinada do português falado e escrito no Brasil.
No contexto, as pessoas que não dominam a norma culta da língua são exclusas da sociedade comonão participantes dela. A língua materna é comum a todos os brasileiros, muitos têm uma visão de união do povo, mas o que há é muito preconceito com as classes desprivilegiadas. Esse pensamento éresultado da miscigenação que o Brasil possui. Pois a língua portuguesa não é falada de acordo com os paradigmas corretamente, a língua falada em Portugal é diferente da brasileira. Portanto, não éverdadeiro afirmar que os brasileiros não sabem falar corretamente a língua portuguesa
O preconceito lingüístico nasce também de um preconceito social em relação às condições financeiras e regionais....
tracking img