Relatorio tecninco de contagem de bacterias em placa d petri,coleta de agua e solo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3168 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Senac
Santo André

Relatório

De

Aula prática

Laboratório Jabaquara

Introdução
Foi nos dados todas as informações de como proceder dentro do laboratório do SENAC Jabaquara, essas informações referiam-se a vestimenta (avental), bermuda, chinelo ou sandália, e certos adereços metálicos, cabelo preso e normas de segurança. Foram-nos apresentados os equipamentos que faríamoso uso tais como balanças, centrifugas, estufas e as vidrarias explicando-os a principio a utilidade do mesmo e enfatizando nas regras e as limitações de atitudes impróprias neste local explicando também a disposição física e organizacional do laboratório para eventuais manobras de emergências,
No laboratório foram efetuadas algumas etapas e procedimentos, onde se foi necessário a divisão degrupos de trabalho que posteriormente dividiram-se em subgrupos para a agilidade e facilidade nas tarefas.
Segue as três estações propostas no protocolo de aulas.

Estação 1: Pipetagem e fervura da água.
Foram realizadas três contas para obter o resultado do volume inicial do produto.

1) 1,02 x 10-5 m3 = 10,2 mL
0,0,0,0,1.02 x 10-5 m3
0000, 102 x 1000
10,2 ml

2) 8,3 cm3 = 8,3 mL3) 21000 μL = 21000 / 100
21 ml

4) Soma das 3
10,2 + 8,3 + 21=39,5

Realizamos a Pipetagem com a Pipeta Graduada em seguida juntamos o volume em um copo Becker, utilizando a água destilada que estava na Pipeta, que a soma foi de 39,5.
Em seguida começamos a segunda etapa que utilizamos o Gás, o tripé a tela de amianto,(ambos foram aquecidos indiretamente) o bico de Bunseno copo de Becker e o termômetro para aferir a temperatura do produto (água destilada) depois do tempo de ebulição, Analisamos as seguintes etapas:

|Tempo/minutos Temperatura |
|0 min 21 ºC |
|1 min 98º C ||2min 99º C |
|3min 96º C |
|4 min 93º C |
|5min 90º C |

Após medição das temperaturas, deixamos esfriar o produto para avaliar ovolume evaporado da água em milímetros, retiramos do copo Becker com a pipeta graduada e obtivemos o resultado de 11,5 ml o volume.

Estação 2: Preparar solução aquosa de cloreto de sódio.

Contas :
50 ml (solução aquosa de cloreto de sódio) 100%

X 2%

= 1 ml

Foi necessário pesar 1 ml de sal em vidro de relógio utilizando a balança e uma espátula , posteriormente o salfoi passado para o balão volumétrico e adicionado a água. Fizemos a homogeneização manual.

Estação 3. Diluir a solução salina da estação 2

Contas: 1 parte + 1 parte
2 partes + 3 partes

Seguindo a formula de diluição, chegamos aos seguintes resultados

Ci . Vi+= Cf. Vf
2% . 10 = Cf. 20
Cf = 20/ 20
Cf= 1 %

Medimos o soluto na pipeta de 10 ml e os solventes da mesma formacolocaram no copo Becker para diluição.
OBS : O Restante da diluição não foi preparado devido falta de tempo para efetuação da tarefa.

Preparação do meio de cultura
Depois dessas estações fomos um dia no laboratório para aprender a fazer a Estererilizaçao dos materiais a serem utilizados no dia da coleta e o meio de cultura para isolamento de microorganismo.
• Para 500 ml de meio decultura foi feito: Preparo do Meio Cultura

Fomos esterilizar na Autoclave os materiais que seriam utilizados no dia da coleta e preparar o meio de cultura para isolamento de microorganismo.
Para 0,5 L de meio de cultura realizado:
1,5 g de extrato de carne; 9 g de Agar e 5g de Glicose em pó e transferido com a ajuda de um Funil Analítico para o balão volumétrico balão volumétrico de 1L...
tracking img