relatorio gerencial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1047 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto


PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS
SECRETARIA MUNICIPAL DA CRIANÇA E ASSISTÊNCIA SOCIAL
Av. Marechal Castelo Branco, n.657 – São Francisco • São Luís- Ma ;CEP: 65.076-090
Fone (98) 3214 1060/3214 1070 • e-mail: semcas@saoluis.ma.gov.br


RELATORIO GERENCIAL TRIMESTRAL
CRAS ESTIVA


TRIMESTRE DE REFERENCIA: 1º(X ) Janeiro a Março 2º( ) 3º( )

I. QUADRO DAS AÇOESAÇOES REALIZADAS
RESULTADOS ALCANÇADOS
INDICADORES DE RESULTADOS
Planejamento e Organização da Equipe Interdisciplinar do CRAS
* Possibilitado a organização do trabalho da equipe de referencia do CRAS responsável pela gestão terrritorial, organização dos serviços ofertados e pela oferta do PAIF;
* Definido e esclarecidos competências e atribuições da equipe interdisciplinar no território;
-Realizado 12 reuniões com a Equipe Técnica no espaço do CRAS, assim definidas:
03 entre a equipe técnica para Planejamento do Detalhamento das atividades do trimestre ( realizado de janeiro a maio);
01 de Capacitação com a Coor. Dos Direitos Humanos;
08 reuniões Coordenação e Equipe Técnica ( discussão sobre o planejamento; Fluxo de atendimento do CRAS e definição das atribuições; redefiniçãodos técnicos de referência; Avaliando avanços e desligamento das famílias acompanhadas; leitura do Manual de Preenchimento do Relatório Mensal do PAIF e discussão sobre as dificuldades e possibilidades de acompanhamento coletivo e particularizado às famílias, informes gerais, etc.).

- Participação em 09 reuniões na SEMCAS:
04 Encontros para Planejamento e plano Operativo do ano de 2014;
01Encontro dos CRAS por Território;
04 reuniões com a Coordenação do PAIF.


Organizaçao e Funcionamento Administrativa da unidade Basica da Assistencia Social
*Garantida a organização e funcionamento do CRAS enquanto unidade publica estatal com base administrativa no território;

*Garantida a viabilização de condições mínimas e adequadas de trabalho no espaço físico da unidade (estruturafísica, materiais diversos, recursos humanos);

*Possibilitada a preservação do patrimônio publico e melhorada a recepção dos usuários e equipe técnica;


*Estimulada a produção de material socioeducativo pela equipe técnica de referencia;
Aquisição de 01técnico de nível médio como Apoio Administrativo, com experiência na função o que possibilitou efetividade, dinamismo e melhor atendimento narecepção do usuário, apoio aos técnicos e organização de pastas e do espaço físico do CRAS.
Aquisição de novos equipamentos: 01data show, 01 microssistem, 01 impressora, 01 armário, 01 mesa, 01 mesa com 04 cadeiras para crianças, 01 ventilador de pé, 10 cadeiras plásticas;
Emissão de 22 memorandos, com solicitações diversas para a SEMCAS;
16 memorandos recebidos;
Realizado solicitaçõesmensais ao Almoxarifado com pedidos de material de limpeza e de expediente;
Solicitação de xerox dos instrumentais, atendido mensalmente a contento;
Planejamento das atividades dos SCFV quinzenalmente;
02 Reuniões com a Coordenação e Diretoria dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos: 01 com Orientadores e Técnico de Referência e 01 com as Coordenadoras;





GestaoTerritorial da Proteçao Social Basica


*Possibilitado o processo de articulação da rede Socioassistencial de PSB refernciada ao CRAS e dos Serviços ofertados
- Realizada Assessoria às Entidades para apresentação de documentos para convênio:
Elaborado 05 Planos de Trabalho em conjunto com os Presidentes das Entidades e os respectivos Técnicos de Referência dos SCFV e orientações necessárias quanto aprazos e demais informações;
02 reuniões com o Presidente da União de Moradores de Pedrinhas com o fim de esclarecer e redefinir os dias de funcionamento dos SCFV e redistribuição dos Orientadores; não repasse de recurso para diarista; planejamento quinzenal dos serviços com Orientadores, Técnico de Referência e a liderança;

- Articulação com Lideranças Comunitárias:
01 Entidade...
tracking img