Relatorio fisica 1 queda livre e lançamento vertical para cima

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5113 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
Faculdade Comunitária de Santa Bárbara D’Oeste

Física 1

Relatório:

Queda Livre
LANCAMENTO VERTICAL PARA CIMA

Prof. Richard Sanches Ozane Pimenta

Engenharia de Controle e Automação
1º Semestre – Turma A

Participantes do experimento:

Objetivo

O objetivo deste relatório é descrever os experimentos realizados para os estudos da Queda Livre e Lançamento Vertical paraCima.

INTRODUÇÃO

O primeiro cientista a estudar o fenômeno da Queda Livre foi Galileu Galilei.
Galileu inaugurou uma nova fase na história da ciência, ao defender o racionalismo matemático como base do pensamento científico -- "o universo é um texto escrito em caracteres matemáticos", afirmou -- e ao criar a idéia moderna da experimentação científica, combinando a indução experimental eo cálculo dedutivo.
Galileo Galilei nasceu em Pisa, Itália, em 15 de fevereiro de 1564, de família nobre, filho de Vincenzo Galilei, matemático competente e músico famoso. Em criança, o futuro físico e astrônomo impressionou os professores do mosteiro de Vallombrosa pela capacidade intelectual, habilidade manual e criatividade, sobretudo para invenções mecânicas. Sempre avesso ao ensinotradicional, interrompeu o curso de medicina na Universidade de Pisa para dedicar-se ao estudo da matemática e das ciências. Nessa época, ao observar o movimento oscilatório de um dos lustres da catedral de Pisa, enquanto contava as próprias pulsações, constatou que o movimento do pêndulo era periódico e que as pequenas oscilações eram isócronas, isto é, ocorriam a intervalos regulares. Constatou tambémque o período de um pêndulo independe da natureza e da massa da substância, ponto de partida para algumas de suas mais importantes pesquisas.
De volta à universidade, doutorou-se em 1585. Passou então a ensinar na Academia Florentina e logo ficou conhecido nos círculos científicos devido a um de seus inventos, a balança hidrostática. Depois de publicar, em 1589, um estudo sobre a gravidade, foiconvidado a ensinar na Universidade de Pisa, onde realizou experiências de máxima importância sobre o movimento físico, em especial os movimentos que se registram na superfície terrestre. Numa dessas experiências, que se tornaria famosa, comprovou que objetos de diferentes massas em queda livre, desde o mesmo ponto e ao mesmo tempo, chegam juntos ao solo, ou seja, caem com a mesma aceleração. Comisso, além de surpreender os cientistas da época, presos aos preconceitos da física aristotélica, abalou os alicerces de toda uma falsa concepção dos fenômenos naturais e lançou a noção de gravidade, posteriormente desenvolvida por Newton.
Galileu não mais abandonou o castelo de Arcetri, devido a sua condenação pela Igreja Católica contrariando o Geocentrismo, e lá prosseguiu os trabalhos que otornariam o pesquisador mais produtivo de seu tempo. Criador da ciência do movimento, estabeleceu os fundamentos da dinâmica e lançou as bases de uma nova metodologia científica. O físico, astrônomo e inventor merece ser também lembrado como escritor: inovou ao expor suas teorias em língua vulgar e o fez em estilo ágil e irônico. Deu aulas sobre o "Inferno" de Dante, foi leitor apaixonado deAriosto e escreveu Considerazioni sulla Gerusalemme liberata (1586-1588; Considerações sobre Jerusalém libertada), crítica da obra de Tasso. A cegueira pôs fim às pesquisas de Galileu, cinco anos antes de sua morte, ocorrida em 8 de janeiro de 1642, em Arcetri, perto de Florença.

O que é gravidade?

Newton teve o cuidado de afirmar, em diversas ocasiões, que suas leis apenas descreviam osefeitos da gravidade, mas não explicavam o que ela é nem qual é a sua causa.
Assim, no final dos “Principia”, ele diz: “... Até aqui não fui capaz de descobrir a causa dessas propriedades da gravidade a partir dos fenômenos, e não formulo hipóteses: pois tudo que não for deduzido dos fenômenos deve ser chamado de hipótese... E para nós é suficiente que a gravidade realmente existe e atua de acordo...
tracking img