Relatorio de homeopatia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4300 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADES SANTAO AGOSTINHO
COORDENADORA:
DISCIPLINA: HOMEOPATIA
7º PERÍODO CURSO FARMACIA


RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Acadêmico:
Montes Claros – MG
maio a junho/ / 2011

FACULDADES SANTO AGOSTINHO
COORDENADORA: DAYANA ALENCAR RODRIGUES
DISCIPLINA: HOMEOPATIA
7º PERÍODO CURSO FARMACIA
Nome do Estagiário: Willian Henrique de Jesus
Endereço:Nilo pereiradias N.183
Nº de matrícula: 230904
Período: 7º Período Farmácia
Local de realização: Faculdades Santo Agostinho
Período: 18/05/2011 a 18/06/2011
Duração em horas: 240 Horas
Modalidade de estágio: Estágio Supervisionado em Homeopatia
Nome da empresa: Faculdades Santo Agostinho
Orientadora: Dayana Alencar Rodrigues

Montes Claros, 18 de junho de 2011_______________________________ __________________
Dayana Alencar Rodrigues Carimbo
Montes Claros – MG
MAIO E JUNHO/2011
INTRODUÇÃO
A Homeopatia se fundamenta na lei dos semelhantes (Similia Similibus Curanter); Experimentos em pessoas com saúde e Doses infinitesimais – fator que transforma as substâncias em estímulos, que despertam oorganismo como um todo, a novas reações, que repetidas vezes, levam o sujeito a uma nova condição de saúde.
Para haver semelhança "são necessários dois fatores":
a) O estudo clínico do doente, que deve ser como um todo, incluindo os sintomas físicos, mentais, sinais e sintomas gerais que incluem: transpiração, sono, clima, sexualidade, desejos e aversões alimentícias entre outras características quese apresentaram espontaneamente na pessoa.
b) As propriedades de uma substância que se tornaram conhecidas durante as "experimentações em pessoas sadias". Considerando a lei dos semelhantes e o conceito de doses infinitesimais podemos dizer que estas propriedades foram desencadeadas por estímulos terapêuticos e que a descrição do conjunto destes sintomas que surgiram em pessoas sadiasdesencadeados por substâncias diluídas é denominado PATOGÊNESIA. É IMPORTANTE ENTENDER AQUI DE MODO DEFINITIVO A RESPOSTA A DUAS PERGUNTAS INOPORTUNAS:
Como um medicamento diluído como uma gota d água em um oceano tem poder de ação? Simplesmente porque este medicamento apresentou esta ação durante a experimentação, o único modo de comprovar-lo é realizando uma experimentação em si mesmo (CERTAMENTEQUE NÃO DEVE, PORQUE ESTE É UM PROCEDIMENTO SÉRIO QUE SOMENTE TERÁ O SENTIDO DE CONTRIBUIÇÃO SOCIAL, E DEVERÁ SER ANOTADO, ESTAR SOBRE A SUPERVISÃO DE UM MESTRE, COBRIR EXIGÊNCIAS RÍGIDAS) seguindo às coordenadas que se encontram neste trabalho, o que deve ser feito como uma pesquisa, entendendo inclusive sempre que as tais patogênesias dependem das idiossincrasias (individualidades). Apenas esimplesmente isto, este conceito e esta ação trazem consigo uma série interminável de leis que governam a nossa saúde, inclusive confirma a magnífica observação: "Para toda ação uma reação igual e contrária".
ORIGENS E DESENVOLVIMENTO DA MATÉRIA MÉDICA HAHNEMANIANA
HAHNEMAN (1755 – 1843)
1785 – 1789 – Traduções e trabalhos pessoais (Química, medicina,Agricultura...);
1789 – Abandona a prática médica, levando em consideração as concepções teóricas fantasiosas na época, tratamentos agressivos (clisteres, sangrias), as medidas higieno-dietéticas duvidosas, as preparações magistrais criticáveis constituídas de uma base, um adjuvante, um constituinte e um corretivo;
1788 – Tradução da segunda edição inglesa da Matéria Médica de Willian Cullen. Cullen sedava conta das propriedades curativas da casca da quinquina através de uma hipotética ação fortificante sobre o estômago. Hahnemam experimenta a quinquina, apresentando crises com duração de 2 a 3 horas que se reproduziam com as doses. Crises de sintomas típicos, a febre intermitente. Apresentava as pontas dos pés frios, tornava-se cansado e sonolento. Concomitantemente, palpitações, tremores...
tracking img