Relatorio de fisica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1091 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo

A elaboração do trabalho consiste no entendimento da relação matemática e o significado físico de coeficiente angular em um sistema onde através de medições, com auxílio de uma régua milimetrada, da altura da coluna de água colocada em tubos de ensaios de três diferentes tamanhos, por uma pipeta graduada em mililitros, relacionada ao seu volume, no qual era mantido um valor proporcionalpara cada tamanho diferente de tubo.

Palavras chave: relação, altura, volume.

Sumário

Sumário 2
Introdução 3
Procedimento Experimental 4
Resultados e Discussão 4
Conclusão 6
Referências Bibliográficas 6
Anexos 7




Introdução

Relação da altura com o volume de uma coluna líquida

O objetivo do experimento é relacionar as grandezas, altura e volume, de água emtubos de ensaios de diferentes tamanhos contando com o auxílio de uma pipeta graduada em mililitros e uma régua milimetrada.
Quando necessitamos fazer uso de medições, independente do instrumento utilizado ou da grandeza, a medida encontrada é comparada com uma unidade tida como padrão do mesmo gênero, o valor numérico que se obtém é o quanto ela é maior ou menor que a unidade padrão.
Unidade decomprimento: a unidade padrão de comprimento do S.I.- Sistema Internacional de Medidas é o metro, representasse m, mas também usa-se seus múltiplos e submúltiplos [1]:
1 km = 1000 m
1 cm = 1100 m
1 mm = 11000m

Unidade de volume: a unidade adotada como padrão pelo S.I. de volume é o metro cúbico, representado por m³. Costuma-se também utilizar a unidade litros (l) e mililitros (ml) [2]:1 m³= 1100 cm³
1 cm³ = 1 ml
1 l = 11000 m³

Em nosso trabalho usamos a unidade centímetro (cm) para medições de comprimento e a unidade centímetro cúbico (cm³) para volume. Utilizamos também os seguintes instrumentos:
* Pipeta graduada em ml;
* Régua milimetrada;
* 3 tubos de ensaio com suporte;
* Becker de 250 ml;

Para obtermos a relação matemática do sistema e seucoeficiente angular utilizamos dois pontos conhecidos pelas medições feitas e então aplicadas à fórmula,
m = ΔyΔx

que também pode ser escrita[3]:
m = y-yox-xo

Onde:
m = coeficiente angular;

Ao qual podemos obter a equação geral da reta,
y - yo = m . (x - xo)

Para definirmos o valor de erro absoluto usamos a menor unidade do instrumento de medidas e dividimos pela metade,
Ea= U2Onde:
U= Menor unidade;
Ea= Erro absoluto;

Procedimento Experimental
Iniciamos o experimento fazendo uso da pipeta milimetrada, coletamos 2 ml de água e despejamos no tubo de ensaio menor, repetimos o mesmo processo com o tubo médio e grande, com a régua milimetrada medimos as alturas correspondente a coluna de água nos tubos.
Continuamos a coletar 2 ml de água e despejando no tubo deensaio menor fazendo as devidas medições de altura até estar todo preenchido, para os tubos de ensaio médio e grande passamos a coletar 3 ml e 4 ml, respectivamente, para cada sessão e obtemos suas medições.
Passamos os dados obtidos para tabelas e construímos os gráficos relacionado a cada tudo de ensaio, com os valores que obtemos usamos da equação que obtém o valor do coeficiente angular parachegarmos a equação da reta de cada tudo de ensaio.
Chegamos a três funções diferentes, uma para cada tubo de ensaio, avaliando as retas no gráfico notamos que o coeficiente angular é que decide a inclinação dessa reta em relação ao eixo positivo das abscissas, isso é formava um ângulo, logo nosso coeficiente é igual a tangente do ângulo, quanto maior era nosso coeficiente angular, maior era nossoângulo. Já o coeficiente linear, nosso termo independente, determina onde a reta se encontra em relação ao eixo das ordenadas.

Resultados e Discussão

Tubo Pequeno |
Volume(± 0,05 cm³) | Altura(± 0,05 cm) |
2,00 | 2,35 |
4,00 | 4,16 |
6,00 | 6,18 |
8,00 | 7,97 |
10,00 | 9,87 |
12,00 | 11,92 |
14,00 | 13,61 |

Tubo Médio |
Volume(± 0,05 cm³) | Altura(± 0,05 cm) |...
tracking img