Relatorio de atividade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6853 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Vivências e Contextos: (re) construindo uma prática reflexiva

Itabuna, 06/2011

JAKSON QUEIROZ RAMOS

Vivências e Contextos: (re) construindo uma prática reflexiva

06/2011

AGRADECIMENTOS

... A Deus, a minha família, os meus professores queridos, aos meus companheiros de turma e alguns amigos especiais, por terem apoiado e acreditado em meu potencial a alcançar mais este objetivoem minha vida.

Sumário

1NTRODUÇÃO--------------------------------------------------------------------------1
2EM CADA PÁGINA UM PEDAÇO DA HISTÓRIA----------------------------5
3OBSERVAR PARA CONHECER-------------------------------------------------5
4MUDANÇAS PROVOCADAS PELA OBSERVAÇÃO----------------------9
5ROTINA DAS CRIANÇAS---------------------------------------------------------126TORNANDO POSSÍVEL A APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS------14
7PARECER DO ESTÁGIO---------------------------------------------------------17
8REFERÊNCIAS----------------------------------------------------------------------26
9ANEXOS

Introdução
O presente estágio de docência na Educação Infantil tem como objetivo, fazer uma reflexão das vivencias e diversos tipos de contextos, dentro do cotidianoe dos bastidores da Educação Infantil, propondo assim uma (re) reconstrução e assim contrastar os equívocos e avanços apontados dentro da práxis escolar.
Segundo Paulo Freire (1996), "é pensando criticamente a prática de hoje ou de ontem que se pode melhorar a próxima prática."
Uma visão critica não só da prática, mas também do investimento relativo a está mesma prática é que eu proponho queseja comparado, pois é dentro de uma sala com diversos tipos de possibilidades de prática que fará com que o docente desconstrua e refaça suas vivencias relativas à mesma dentro do âmbito escolar. Partindo do pré suposto que não se faz Educação sem investimento, podemos entender as causas de tantos docentes continuarem tendo uma visão vertical da prática, reflexão, proposta dentro das escolas.
AEducação Infantil, atualmente, adquiriu nova dimensão, com a implantação do Ensino Fundamental de nove anos, com as crianças chegando à escola na idade de 0 a 05 anos, e também se alfabetizando cada vez mais cedo. No entanto a evasão escolar se contrapõe, fazendo com que as crianças que abandonam a Educação Infantil, por causa dos mais diversos motivos como mudança de Estado ou cidades dos pais,falta de tempo para levar e trazer das escolas, enfermidades, condução etc. Tudo isso atrapalha o desenvolvimento, cognitivo, psicomotor e social das crianças. Isso ocorre por que trazemos impregnado em nossa cultura resquícios do cotidiano vivido e não modificado da Europa desde o século XVIII e XIX.
"Na Europa com a Revolução Industrial, a sociedade agrário-mercantil transforma-se emurbano-manufatureira, num cenário de conflitos, onde as crianças eram vitimas de pobreza, abandono e maus-tratos, com grande índice de mortalidade. Aos poucos o atendimento às crianças torna-se mais formal, como resposta a essa situação, foram surgindo instituições para o atendimento de crianças desfavorecidas ou crianças cujos pais trabalhavam nas fábricas" (OLIVEIRA, 2002).
Com está idéia de outrora, aEducação básica, ou seja, as instituições que foram criadas a principio eram para o simples cuidar, para que os pais trabalhassem fora, contudo observando o comportamento dos pais e familiares das crianças que freqüentam Pré-Escolas e creches elas continuam com o pensamento que ainda não foi transformado modificado acerca da idéia de que a criança não é uma tabula rasa (PIAGET, 19820). Essa concepçãopode ser observada nos discursos que os pais ou de quem tenha a tutela da criança discorre quando apontam que estão matriculando as mesmas porque precisam trabalhar e não tem com quem deixar, ou mesmo por estarem cansados do cuidar cotidiano da criança em seus lares, então as colocam nas Instituições Infantil a fim de que fiquem durante o tempo em que elas podem descansar. Na realidade só...
tracking img