Refferencial teorico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 71 (17692 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
REFERENCIAL TEÓRICO: BREVE REVISÃO

CAPÍTULO III
REFERENCIAL TEÓRICO: BREVE REVISÃO

53

MODELO DE GESTÃO DE CONTRATOS PARA OBRAS PÚBLICAS HABITACIONAIS

CAPÍTULO III – REFERENCIAL TEÓRICO: BREVE REVISÃO

3.1 INTRODUÇÃO
Neste capítulo discutiremos os conceitos teóricos que sustentam nosso projeto de
pesquisa, que envolve conceitos de gestão pela qualidade, os sistemas restritos paraa garantia da qualidade como é o caso da série de normas ISO 9000 dando atenção
especial para o PBQP-H, e complementaremos nossa exposição com a apresentação
e análise da Lean Construction. Estes conceitos serão apresentados à luz do cenário
onde se desenvolvem as atividades de construção de edifícios. Apesar de serem
conceitos que podem coexistir sob determinados arranjos organizacionais,são
tratados inicialmente em separado por questões didáticas e ao final da exposição
mostrados como podem ser arranjados em uma única estrutura, compondo um
Sistema Restrito para a Garantia da Qualidade - SRGQ.

Portanto, no próximo tópico apresentaremos o cenário do Macrossetor da Construção
(CBIC/FGV, 2001) em relação à economia brasileira e como o empresariado se
comporta diante danecessidade de buscar certificações de qualidade como forma de
sobreviver e melhorar sua competitividade no mercado. Na seqüência, abordaremos
sinteticamente a evolução histórica da qualidade, destacando os pensadores que mais
influenciaram as modernas organizações. Citaremos levemente a Gestão pela
Qualidade Total, esboçando algumas dificuldades que são encontradas para
implementá-lo nas empresasde construção civil, bem como a opção governamental e
empresarial pelos sistemas restritos de garantia da qualidade. Dando continuidade
apresentaremos os conceitos dos sistemas restritos para a garantia da qualidade das
normas da série ISO 9000, destacando como as exigências contidas nas normas
impactam a qualidade final do produto. O fato do PBQP-H ser um sistema normativo

54 REFERENCIAL TEÓRICO: BREVE REVISÃO

nos moldes da série ISO 9000 e por constituir-se num dos componentes do sistema
restrito para a garantia da qualidade, objeto do nosso estudo, discutiremos os
resultados alcançados pelo programa e as distorções constatadas até o momento.
Encerrando esta apresentação conceitual, discutiremos as idéias da Lean Production e
do Lean Thinking e como esses conceitos foramadaptados à construção civil, gerando
a Lean Construction, de onde extraímos o sistema de planejamento das atividades no
canteiro de obras para compor o sistema restrito para a garantia da qualidade exigido
em edital. Concluiremos mostrando como estes conceitos podem coexistir em
harmonia, sob diversos arranjos, já que o nosso projeto é um entre tantos possíveis.

3.2 SITUAÇÃO CONJUNTURALDO SUBSETOR DE EDIFICAÇÕES
A atividade de construção participa da economia brasileira de forma bem mais
abrangente do que a percebida pelos seus agentes. O denominado Macrossetor da
Construção é composto pelas atividades de construção civil, pelas atividades
industriais associadas à construção (que fornecem matérias-primas e equipamentos
para o processo de produção construtivo) e pelosserviços que apoiam a sua cadeia
produtiva (CBIC e FGV, 2001).

A estrutura do Macrossetor em 1998 foi caracterizada conforme mostrado na TAB. 1.
TABELA 1
Estrutura do Macrossetor da Construção em 1998
Atividades
Construção civil
Indústria associada à construção
Serviços associados à construção
Fonte: FGV

Participação por atividade (%)
73,45
20,34
6,21

A composição do Macrossetor daConstrução em 1998 tem a configuração
apresentada na TAB. 2:

55

MODELO DE GESTÃO DE CONTRATOS PARA OBRAS PÚBLICAS HABITACIONAIS

TABELA 2
Composição do Macrossetor da Construção em 1998
COMPONENTES DO MACROSSETOR

Participação
(1)
(%)
20,24
1,61
0,94
0,51
4,77
0,26
0,88
6,89
0,61
0,76
0,57
2,36
73,45
2,64
57,29

INDÚSTRIA ASSOCIADA À CONSTRUÇÃO
Cimento
Artefatos...
tracking img