Realidade social e eixo centrais na formação do professor pedagogo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1770 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
A questão ambiental vem sendo analisada como cada vez mais urgente e importante para a sociedade, pois o futuro da humanidade estar sujeito a relação colocada entre a natureza e o uso pelo homem dos recursos naturais disponíveis.
Essa consciência já chegou à escola e muitas iniciativas têm sido desenvolvidas em torno desta questão, por educadores de todo o País. Por estas razões,vê-se a importância de se incluir a temática do meio ambiente como tema transversal dos currículos escolares, permeando toda prática educacional.
Ao meio-ambiente em que vivemos, analisar seus elementos físicos e biológicos e os modos de interação do homem e da natureza, por meio do trabalho, da ciência, da arte e da tecnologia.
Quando se trata de discutir a questão ambiental, nem sempre seexplicita o peso que verdadeiramente têm essas relações de mercado, de grupos de interesses, na determinação das condições do meio ambiente, o que dá margem à interpretação dos principais danos ambientais como fruto de uma “maldade” intrínseca ao ser humano.

2. DESENVOLVIMENTO
A perspectiva ambiental consiste num modo de ver o mundo em que se evidenciam as inter-relações e a interdependência dosdiversos elementos na constituição e manutenção da vida. Em termos de educação, essa perspectiva contribui para evidenciar a necessidade de um trabalho vinculado aos princípios da dignidade do ser humano, da participação, da co-responsabilidade, da solidariedade e da eqüidade.
O Brasil, além de ser um dos maiores países do mundo em extensão, possui inúmeros recursos naturais de fundamentalimportância para todo o planeta: desde ecossistemas importantes como as suas florestas tropicais, o pantanal, o cerrado, os mangues e restingas, até uma grande parte da água doce disponível para o consumo humano. Dono de uma das maiores biodiversidades do mundo tem ainda uma riqueza cultural vinda da interação entre os diversos grupos étnicos — americanos, africanos, europeus, asiáticos — o que trazcontribuições para toda a comunidade.
Parte desse patrimônio cultural consiste no conhecimento importantíssimo, mas ainda pouco divulgado, dos ecossistemas locais: seu funcionamento, sua dinâmica e seus recursos.
É preocupante, no entanto, a forma como os recursos naturais e culturais brasileiros vêm sendo tratados. Poucos produtores conhecem ou dão valor ao conhecimento do ambiente específico em queatuam. Muitas vezes, para extrair um recurso natural, perde-se outro de maior valor, como tem sido o caso da formação de pastos em certas áreas da Amazônia.
Com a nova formulação no código florestal brasileira onde deve impor .O aumento considerável na substituição de áreas naturais por áreas agrícolas em locais extremamente sensíveis, a aceleração da ocupação de áreas de risco em inúmerascidades brasileiras, o estímulo à impunidade devido à ampla anistia proposta àqueles que cometeram crimes ambientais até passado recente, um decréscimo acentuado da biodiversidade, a um aumento das emissões de carbono para a atmosfera e o aumento das perdas de solo por erosão com consequente assoreamento de corpos hídricos.
Com freqüência, também, a extração de um bem (minérios, por exemplo) trazlucros somente para um pequeno grupo de pessoas, que muitas vezes nem são habitantes da região e levam a riqueza para longe e até para fora do país, deixando em seu lugar uma devastação que custará caro à saúde da população e aos cofres públicos.
A fome, a miséria, a injustiça social, a violência e a baixa qualidade de vida de grande parte da população brasileira são fatores que estão fortementerelacionados ao modelo de desenvolvimento e suas implicações socioambientais.
Nesse contexto, fica evidente a importância de se educar os futuros cidadãos brasileiros para que, como empreendedores, venham a agir de modo responsável e com sensibilidade, conservando o ambiente saudável no presente e para o futuro; como participantes do governo ou da sociedade civil, saibam cumprir suas obrigações,...
tracking img