Racionalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (915 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
História do racionalismo - 05
Conceitos de racionalismo

José Alves Martins

Faculdade que distingue o homem dos outros animais

Respondendo a questionamento de leitores/companheiros deDoutrina, vamos introduzir nesta seqüência de artigos um parêntese para esclarecer que, assim como são diversas as correntes filosóficas, também variam muito os conceitos de racionalismo.

De fato,contrariamente ao empirismo, corrente filosófica que valoriza a experiência no processo do conhecimento, e ao fideísmo, que valoriza a revelação religiosa "ou divina", o racionalismo designa as variadasdoutrinas que submetem exclusivamente à razão (o logos, como diziam os gregos) todas as formas de conhecimento. De acordo com essas doutrinas, ele se apresenta sob diversos aspectos, ora como visão douniverso que afirma o perfeito acordo entre o racional e a realidade, ora como uma ética que afirma serem as ações e as sociedades humanas racionais em seu princípio, em sua conduta e em suafinalidade. Adiante, detalharemos esses conceitos.

Tomado, porém, em seu sentido mais amplo e comum, racionalismo é o ato de pensar, raciocinar, fazer uso da razão, faculdade que distingue o homem dosoutros animais que lhe são inferiores na escala evolutiva. Ainda em sentido lato, pode ser definido como a crença na razão e na evidência das demonstrações.

Do ponto de vista filosófico, eis osprincipais conceitos de racionalismo preconizados pelas diversas doutrinas:

• Método de observar as coisas baseado exclusivamente na razão, considerada como única autoridade quanto à maneira de pensar eagir e como fundamento de todo conhecimento possível; estabelece, desse modo, o primado dessa faculdade sobre o sentimento, a vontade e as demais faculdades humanas, uma vez que somente ela, a razão, écapaz de propiciar a adequada percepção e explicação da realidade.

• Doutrina que afirma nada existir que não tenha uma razão de ser, de tal modo que, de direito, nada existe que não seja...
tracking img