Racionalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1432 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO LATO SENSU



xxxxxxxxxxxxxxxxxxx





RACIONALISMO NAS DIDADES ANTIGA, MÉDIA E MODERNA













GOIÂNIA-GO
2013




xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx





RACIONALISMO NAS DIDADES ANTIGA, MÉDIA E MODERNA



Trabalho apresentado para a disciplina de metodologia científica como requisito para obtenção da nota 1.

Professora: Annyella Nogueira.GOIÂNIA-GO
2013
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO.............................................................................................................3
1 CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO RACIONALISMO.........................................4
2 CONTEXTO HISTÓRICO – IDADE ANTIGA, MÉDIA E MODERNA........................5CONCLUSÃO...............................................................................................................7
REFERÊNCIAS............................................................................................................8






















INTRODUÇÃO

O racionalismo é um movimento filosófico que começou com a definição do raciocínio, que é a operação mental e da lógica discursiva. Este usa uma ou mais proposições paraextrair conclusões se uma proposição é verdadeira, falsa ou provável. Esta era a idéia central comum ao conjunto de doutrinas tradicionalmente conhecidas como racionalismo.
O racionalismo é o pensamento liberal dominante na negociação buscando estabelecer e propor caminhos para alcançar determinados fins. Tais fins são postulados em nome do interesse coletivo, base do próprio liberalismo e torna-se,assim, também a base do racionalismo. Racionalismo, por sua vez, é a base para o planejamento da organização econômica e espacial da reprodução social.
O postulado do interesse coletivo elimina os conflitos de interesses (de classe, entre uma classe e seus membros e os grupos de interesse até mesmo simples) que existem em uma sociedade, seja em nome do princípio de funcionamento do mercado, sejacomo princípio orientador da ação Estado. Espaço aberto para soluções racionais a 'problemas' econômicos (alocação de recursos) ou urbana (infra-estrutura, habitação, ou do ambiente) com base em soluções técnicas e eficazes. O racionalismo é a doutrina de que tudo o que existe tem uma causa inteligível, mesmo que não de fato pode ser demonstrado, como a origem do Universo. Favorece razão sobre aexperiência do mundo sensível como uma porta de entrada para o conhecimento. Será que a dedução como o método superior de investigação filosófica. René Descartes (1596-1650), Spinoza (1632-1677) e Leibniz (1646-1716) introduzem o racionalismo na filosofia moderna. Friedrich Hegel (1770-1831), por sua vez, identificam o racional para o real, pressupondo a inteligibilidade global deste último. Oracionalismo é o pensamento liberal dominante na negociação buscando estabelecer e propor caminhos para alcançar determinados fins. O racionalismo é baseado nos princípios da busca da segurança e demonstração, apoiados por um conhecimento conhecimento a priori, ou seja, que não vem da experiência e são elaborados somente pela razão.


1 HISTÓRIA DO RACIONALISMO

O Racionalismo foi um movimentocultural situado entre os séculos XVI e XIX. Mais do que mais uma doutrina gnosiológica ou teoria do conhecimento, o Racionalismo foi uma perspectiva cultural global. Foi uma das correntes filosófico-científicas do homem da Idade Moderna.
Para o Racionalismo, o homem pode chegar pela razão, a verdades de valor absoluto. Seja a partir de fatos, os quais, ultrapassando a mera força dos sentidos, ohomem pode, com a força da razão, abstrair e atingir condições transcendentais do mundo; seja a partir da pura intuição, que prescinde dos fatos.
O que o Racionalismo buscava, na verdade, era conhecer a essência. Por isso, não se prendia aos fatos ou ao mundo sensível, mas afirmava que a razão humana poderia transcender e chegar ao conhecimento de realidades transcendentes. Pela força da...
tracking img