Questao social no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2136 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
serviço social

alexandre dornelas
anatesse medeiros
jolly portilho de paula cotting
layane as lobo
marcia francisca dos santos
maria das graças caldas

QUESTÃO SOCIAL NO BRASIL

Palmas
2011

alexandre dornelas
anatesse medeiros
jolly portilho de paula cotting
layane as lobo
marcia francisca dos santos
maria das graças caldas

QUESTÃOSOCIAL NO BRASIL

Trabalho apresentado a disciplina Interdisciplinar da Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Prof. Daniela Sikorski, Paulo Sérgio Aragão, Sergio de Goes Barboza, Giane Albiazzetti

Palmas
2011

SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 3
2 DESENVOLVIMENTO 4
3 CONCLUSÃO...................................................................................................... 9
5REFERÊNCIAS...................................................................................................10

INTRODUÇÃO
O trabalho proposto nesse semestre tem como tema principal a questão social, onde há vários temas vinculados e associados, pois abrange assuntos de suma importância para a sociedade, como: o menor abandonado, o descaso das autoridades, a pobreza, os recursos maldistribuídos. A criminalidade tem o principal foco e as suas enormes favelas precária indignas para pessoas viverem. Tudo isso tem um por quê? E ele é determinado por diversos fatores, fatores determinantes para o cenário encontrado hoje na sociedade brasileira que busca articular métodos junto aos profissionais especializados para combater ou reduzir as expressões da questão social.

DESENVOLVIMENTO
Noséculo XVIII, o capitalismo teve um grande crescimento, com a ajuda da industrialização,  dando origem assim as relações entre o  capital e o trabalho, então o capitalista, que era o grande patrão, e o trabalhador assalariado passaram a ser os principais representantes desta organização.
A justificativa encontrada para esta nova fase foi o liberalismo que se baseava na defesa da propriedadeprivada, comércio liberal e igualdade perante a lei. A velha sociedade medieval estava sendo totalmente transformada, assim o nome de homem de     negócios era exaltado como virtude, e eram-lhe dadas todas as credenciais uma vez que ele poderia fazer o bem a toda sociedade.
O homem de negócios era louvado, ou seja, ele era o máximo, era o sucesso total e citado para todos como modelo para os demaisintegrantes da sociedade, a riqueza era mostrada como seu triunfo pelos seus esforços, diferente do principal fundamento da desigualdade que era a pobreza que era o fator principal de seu fracasso pessoal.
Então os pobres deveriam apenas cuidar dos bens do patrão, maquinas, ferramentas, transportes e outros e supostamente Deus era testemunha do esforço e da dedicação do trabalhador ao seu patrão.Diziam que a  pobreza se dava pelo seu fracasso e pela ausência de graça, então o pobre era pobre porque Deus o quis assim.
O pobre servia única e exclusivamente para trabalhar para seus patrões e tinham que ganhar somente o básico para sua sobrevivência, pois eles não podiam melhorar suas condições, pois poderia não se sujeitar mais ao trabalho para os ricos, a existência do pobre era defendidapelos ricos, pois os ricos são ricos à custa dos pobres, ou seja, para poderem ficar ricos eles precisam dos pobres trabalhando para eles, assim conclui-se que os pobres não podiam deixar de serem pobres. 
Observou-se anteriormente que mais de 50% da população ativa brasileira ganha até 2 salários mínimos. Os índices apontados visam chamar a atenção sobre os indivíduos miseráveis no Brasil.Mas não existem somente pobres no Brasil, pois cerca de 4% da população é muito rica. O que prova a concentração maciça da renda nas mãos de poucas pessoas.
Além dos elementos já apontados, é importante destacar que a reprodução do capital, o desenvolvimento de alguns setores e a pouca organização dos sindicatos para tentar reivindicar melhores salários, são pontos esclarecedores da geração de...
tracking img