Qualquer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1799 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE EVANGELICA - ETESEL

ROBERTA ALMEIDA
CARLA LIAMA

TENDINITE

SALVADOR – 2011
ROBERTA ALMEIDA
CARLA LIAMA

TENDINITE

Trabalho da Ergonomia realizado sob a orientação do Profº Cássio Aragão com o objetivo de conclusão da disciplina.

SALVADOR – 2011
Sumário:

1. Introdução
2. Tendinite
3. Como ela se manifeta
4. Exames necessários5. Quais as profissões mais afetadas?
6. Formas de tratamento
7. Tratamento não-convencionais
8. É possível haver seqüelas?
9. Principais áreas afetadas.
10. Postura incorreta
11. Tratamento
12. Prevenção
13. Conclusão
14. Bibliografia.

Introdução

Esplanaremos nesse trabalho um pouco sobre a Tendimite, também chamada de doença da moda. O intuitoinicialmente é identificar a maior causados e as prevençõe e tratamentos mais utilizados e eficazes. A maior parte da população sofre hoje com a doença, porém sabe-se que a mesma sempre existiu, mas agora é que se tem o conhecimento de sua gravidade com mais clareza. Seu sintomas, tratmentos medicamentosos ou não, todos são nossos aliados na busca da prevenção ou cura desse mal que hoje afeta atodos, independete de sexo, idade ou religião.

Tendinite

é a inflamação do tendão e de sua bainha que surge usualmente através do excesso de repetições de um mesmo movimento (LER - Lesão por Esforço Repetitivo). Tendões são tecidos fibrosos, densos e resistentes, através dos quais os músculos se prendem aos ossos, e permitem a realização do movimento articular. O sufixo "ite" em Medicina,geralmente está associado à existência de inflamação. Assim sendo, tendinite significa inflamação do tendão. Como se trata de um termo extremamente popularizado, o termo "tendinite" foi consagrado pelo uso para se referir a qualquer processo doloroso que não apresente alterações ósseas ao exame de Raios-X.
As causas das Tendinites propriamente ditas são variadas, e podem estar associadas àpresença de muitas condições ou doenças, incluindo:

1. Mecânica – esforços prolongados e repetitivos, além de sobrecarga.

2. Química – A desidratação, quando os músculos e tendões não estão suficientemente drenados, a alimentação incorreta e toxinas no organismo podem conduzir a uma tendinite.

* Esforço físico intenso ou repetido;
* Traumas mecânicos
* Infecções
* DoençasReumatológicas
* Doenças do Sistema Imunológico
* Distúrbios metabólicos
* Iatrogenia
* Processos degenerativos das articulações
* Neuropatias que induzam alterações musculares

Como ela se manifesta?

A tendinite se manifesta inicialmente com dores e muitas vezes com a incapacidade da pessoa em realizar certos movimentos.
A pessoa pode sentir dores ao subir ou descerescadas, caminhar, dobrar os joelhos, entre outras posturas ou movimentos.
A sintomatologia das tendinites pode ser bastante variada, incluindo dor e inchaço (edema) de intensidade variável, bem como graus variados de dificuldade de movimento e diminuição de força muscular, dor latente ao movimento ou até mesmo coceiras ( pois quando a circulação é afetada), Fadiga muscular e falta de força paraatividades cotidianas, Câimbras (decorrente da fadiga), Em casos mais graves: Imobilidade e Inflexibilidade consideráveis, seguidos de ainda mais dor, E nos casos gravíssimos: perda total da sensibilidade e mobilidade, e deformação.
A literatura registra que esta doença, com tratamento adequado, deveria ser curada entre 3 e 28 dias. Outras possibilidades para casos de longa duração de uma doençadiagnosticada como sendo tendinite, é que a causa da doença permaneça presente, como a realização continuada de esforço, ou a presença de uma doença sistêmica cujo estímulo não seja removido apenas com repouso. Outras possibilidades seria a ocorrência de erro diagnóstico (por exemplo, a ocorrência de uma tendinose, que é a doença degenerativa do tendão), a ocorrência de simulação (fingir a...
tracking img