Qualidade de texto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2922 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de Interpretação e Produção de Textos

Professora: na Dorotéia Arantes Medeiros








































Aluno: Edson Barros Frazão
Turma: DR1R18
Matrícula: B844DB-1











SUMÁRIO



I - INTRODUÇÃO


II - DESENVOLVIMENTO

CLAREZA
OBJETIVIDADE
COERENCIA
CONCISÃO
CONVICÇÃO
RELEVÂNCIACOESÃO TEXTUAL




III – CONSIDERAÇÕES FINAIS






REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS








QUALIDADES ESSENCIAIS DO TEXTO

INTRODUÇÃO

De um texto literário, espera-se brilho, elegância e originalidade. Nada impede, porém, que textos administrativos também sejam brilhantes, elegantes e originais. Todavia, quando se há de optar, devem prevalecer na redação técnica a clareza, acorreção e a simplicidade.

Clareza, correção e simplicidade costumam andar juntas. Parece haver pouco sentido na discussão se o mais importante é a comunicação ou a correção do texto porque texto incorreto, em geral, peca também por falta de clareza e de sobriedade. Leva-se em consideração que o importante é comunicar, mas essa postura deve decorrer do conhecimento da língua, deve-se romper asdificuldades de manejar o idioma e jogar por terra a preguiça do redator. Devemos ter a posição consciente de que redigimos para nos fazer entender. Tanto é importante comunicar como comunicar bem. Na área federal, têm sido observados textos legais e documentos normativos mal redigidos, os quais têm provocado perdas para a comunicação entre as Organizações.

Preocupe-se com o estilo

Em redação,denominamos estilo a maneira de produzir um texto, variando em função dos objetivos a alcançar e das circunstâncias que condicionam a elaboração da mensagem. O caráter informativo e analítico da redação aplicado ao contexto organizacional impõe limites ao redator, exigindo obediência a determinados critérios estilísticos, inerentes à linguagem empregada ao descrever, expor, discutir, interpretar eanalisar fatos, idéias e conceitos.
No tocante ao estilo, há de se respeitar tanto as palavras como as normas da gramática. Se sons têm timbre, palavras têm conotações. Cada palavra tem peso específico. Sinônimos perfeitos se existem, são raros. É preciso buscar a palavra adequada a cada caso. Por exemplo: "Realizar" tem conotação de concretude, de coisa real, de algo material. "Realizar um objetivo"não fica bem. Objetivo é um ponto no futuro que, quando muito, se alcança. "Propiciar" tem conotação de coisa boa, a favor - pró. Dizer que tal medida "propiciou prejuízos" não soa adequado. "Departamento dotado de instalações obsoletas" parece sadismo, pois "dotado" vem de "doar", "dote". Quem iria dotar um Departamento de coisas ruins?



Fuja das palavras inúteis

Economizar palavrasconfere vigor ao texto e melhora o estilo. É também respeito às palavras evitar o uso de termos vazios de sentido, caídos no texto "por gravidade". "Existente" é um deles. Não é raro encontrar em documentos textos como este: "Serão analisadas as possibilidades existentes sobre o assunto".
Ora, como não se pode analisar possibilidades inexistentes, esse "existente" nada acrescenta ao texto, portantodeve ser eliminado. Há muitas armadilhas tendentes a criar um texto esparramado e frouxo, em que alguns redatores caem fácil. Escrever é economizar. Economize palavras e seja bem abundante nas idéias.

I. CLAREZA

Significa ser compreendido sem dificuldade.
Obtém-se a clareza ao:

• Ordenar as idéias e as palavras;
• Evitar os períodos longos e as intercalações excessivas;
•Escolher adequadamente o vocabulário
• Fugir da gíria e do coloquialismo;
• Utilizar os termos técnicos somente quando forem indispensáveis;
• Evitar ambiguidades e cacofonia;
• Pontuar adequadamente o texto;
• Evitar acúmulo ou excesso de fatos, opiniões ou aspectos;
• Ter cuidado especial com o uso do adjetivo e do advérbio;
• Preferir períodos curtos,...
tracking img