Qual a sua obra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5507 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nome: Qual é a tua obra? Autor: Mario Sergio Cortella

Prefácio Às vezes temos a ânsia de sermos algo que não tivemos sequer tempo ou maturidade para desenvolvermos, mas na verdade é que hoje estamos na era dos “tempos velozes”. Qual é a minha obra? Ser reconhecida, construir uma nova competência? Saber a diferença entre o erro e a negligência? Enfrentar o medo da mudança? Saber o tamanho quetenho dentro do planeta? Qual é a minha obra, qual é a tua, qual é a nossa obra?

Parte 1: Gestão Em busca de sentido “Enxergar um significado maior na vida aproxima o tema da espiritualidade do mundo do trabalho” Ultimamente tem-se falado muito em empresa espiritualizada, líder espiritualizado. A freqüência com que esse termo tem sido abordado no mundo corporativo pode ser interpretado como umindício de que uma busca por um novo modo de vida está em curso? Afinal o que é a espiritualidade? É a capacidade de olhar que as coisas não são um fim em si mesmo, que existem razões mais importantes do que o imediato. Que aquilo que você faz tem um sentido, um significado. O líder espiritualizado mais do que aquele que fica fazendo orações é aquele que é capaz de olhar o outro, de inspirar,elevar a obra ao invés de simplesmente rebaixar as pessoas. Podemos dizer que essa espiritualidade é a capacidade de respeitar o outro e edificar em conjunto, um sentido que honre nossa vida. O desejo por espiritualidade é um sinal de descontentamento com algumas situações, a espiritualidade vem à tona quando você precisa refletir sobre si mesmo, a espiritualidade é precedida pela angustia. MartinHeidegger filósofo alemão do século XXI, dizia que a angustia é a sensação do nada. Ela é positiva num ponto, pois quando se pode sentir o “nada”, todas as opções se apresentam e todos os horizontes são possíveis. A espiritualidade é uma resposta a um desejo forte de a vida ter sentido, de ela não se esgotar naquele momento nem naquele trabalho. Estamos hoje com uma crise no conjunto da vida socialonde trabalho, família, relacionamentos fazem parte. Transitamos por um momento de forte turbulência em relação aos nossos valores. Temos carência profunda e necessidade urgente de a vida ser muito mais a realização de uma obra do que de um fardo que se carrega no dia a dia.

Tripalium versus poieseis “A idéia de trabalho como castigo precisa ser substituída pelo conceito de realizar uma obra”Por que muitas vezes a idéia de trabalho é associada a fardo, castigo, provação? A palavra trabalho vem do latim tripalium que era um instrumento de tortura. Viemos de uma sociedade montada com base no sistema escravocrata. Primeiro com a era da escravidão, depois a era medieval com a relação servo/senhor e continuamos com a mentalidade escravocrata – O mundo ocidental no Brasil e Estados Unidos foitodo construído sob a lógica da exploração do ouro. O trabalho como castigo persiste até os dias de hoje, a maioria das pessoas dizem “quando eu parar de trabalhar, vou fazer isso, isso e isso”, isso não passa de ilusão - por que você pode dizer “quando eu não tiver dependência em relação ao trabalho, eu vou fazer isso”. Você nunca vai parar de trabalhar, nem pode – você não pode deixar de fazera sua obra, seja a sua obra aquela que você faz para continuar existindo ou para ter o seu reconhecimento. Se veja naquilo que faz e não naquilo que pensa. A palavra trabalho em latim significa labor, a idéia de tripalium aparece dentro do latim vulgar que significa forma de castigo. Mas temos que substituir isso pela idéia de obra, que os gregos chamam de poiesis, que significa minha obra, aquiloque faço, que construo, aquilo em que me vejo. Você precisa se ver naquilo que faz, do contrario você fica alienado. Todas as vezes que aquilo que você faz não permite que você se reconheça, seu trabalho se torna estranho. As pessoas costumam dizer “não estou me encontrando naquilo que faço” – o trabalho exige reconhecimento – conhecer de novo. Quando se pensa num trabalho de qualidade de vida...
tracking img