Psicologia juridica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (610 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Obra Cientifica: Uma visão crítica das políticas de descriminalização e de patologização do usuário de drogas.



Sabe-se por certo é que o atual meio de tentativas de por fim adroga não tem mostrado muita eficaz. Analisando a nossa realidade regional e também a nível nacional e internacional, temos visto grandes problemas e questionamentos a respeito deste assunto, mais nãose consegue chegar a um fim. A atividade chamada de tráfico de drogas parece estar imune, bem distante da ação estatal, pois quanto mais se tenta a inibição, mais cresce o problema. O estado mostra-secada vez manos eficiente para combater problema, as vezes por negligencia e outras por falta de aparato técnico e humano.
Bom, Falando regionalmente tendo o Brasil como referencia,constata-se que o nosso Estado possui imensa culpa pela grande quantidade de drogas que entra no país. Pois sabemos que grande parte da matéria prima na qual são compostas as chamadas drogas são “importadas”pelos “nossos” traficantes. O Brasil deveria exigir mais responsabilidades de seus integrantes de sua sociedade, deveria redigir cada vez mais para ver se um dia possamos acabar com pelo menos umterço deste imenso trafico, pois temos que parar de tipificar o usuário como “coitadinho” do sistema, pois se continuarmos com este pensamento cada vez será mais difícil combater este grande mal que noscerca e que tanto arruína as famílias e a nossa sociedade em geral.
Outra forma de tentar controlar o uso de drogas e tentar legalizá-la, ou seja, sob determinadas regras, tonar o seu usopermitido, de uma forma semelhante do que já existe em alguns países, onde é permitido o uso de maconha em determinados locais previamente autorizados, mais e ai ficamos com aquela enorme duvida, seráque traria resultados eficazes? Seria uma boa idéia? Bom em questão disso creio que ainda não estamos preparados para adotar tais medidas, pois somos um país ainda em “reforma” sempre levando e conta...
tracking img