Psicologia hospitalar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1299 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Psicólogo no hospital

A) Despersonalização do Paciente

O paciente ao ser hospitalizado sofre um processo total de despersonalização. Deixa de ter o seu próprio nome e passa a ser um numero de leito ou então alguém portador de uma determinada patologia. Deixa de ter significado próprio para significar a partir de diagnósticos realizados sobre sua patologia. E pelo simples fato de setornar “hospitalizado” faz com que a pessoa adquira os signos que irão enquadrá-lo numa nova performance existencial. Seus hábitos anteriores terão de se transformar frente à realidade da hospitalização e da doença. A situação de hospitalização passa a ser determinante de muitas situações que irão ser consideradas invasivas e abusivas na medida em que não se respeita os limites da pessoahospitalizada, sendo assim determinadas práticas são consideradas agressivas pela maneira como são conduzidas dentro do âmbito hospitalar. Será visto como invasivo quando a enfermeira vem acordá-la para aplicar injeção, ou a atendente que interrompe uma determinada atividade para servi-lhe refeições. Tudo passa ser algo abusivo diante da necessidade de aceitação desse processo e, ao invés de propiciar alívioao momento da hospitalização, tornam o momento algo extremamente penoso e difícil de ser vivido. Ao trabalhar nesse contexto, o psicólogo estará ajudando na humanização do hospital, um trabalho de reflexão que envolva toda equipe de saúde é uma necessidade para que o hospital perca seu caráter meramente curativo para transforma-se numa instituição que trabalhe não apenas com a reabilitaçãoorgânica mas também com o restabelecimento da dignidade humana.

B) Psicoterapia e Psicologia Hospitalar

Objetivos da Psicoterapia

Tem como seus principais objetivos levar o paciente ao autoconhecimento, ao autocrescimento e à cura de determinados sintomas. A psicoterapia, ainda, tem como característica principal o fato de ser um processo onde a procura e a determinação de seu início se dáatravés da mobilização do paciente.

C) O Setting Terapêutico

Ao procura pela psicoterapia o paciente será enquadrado dentro do chamado se setting terapêutico. Assim as normas e diretrizes do processo serão colocadas de maneira bastante claras e precisas pelo psicoterapeuta. E embora seja notório o numero de casos encaminhados à psicoterapia e que por alguma forma de resistência demoram muito paraprocurar por tal processo, a busca por esse processo se dará única e tão somente quando o paciente rompe com determinadas amarras emocionais. O setting terapêutico impõe uma privacidade ao relacionamento. O setting terapêutico assim resguarda a sessão para que todo material canalizado naqueles momentos seja apreendido e elaborado de maneira o plena e absoluta.

D) A Realidade InstitucionalUma das dificuldades surgidas quando se pensa na atividade do psicólogo na realidade hospitalar é sua inserção na realidade institucional, e na medida que o hospital surge como sendo uma realidade institucional com características bem peculiares, embora reproduzindo as condições de outras realidades institucionais. É fato que a realidade hospitalar apresenta celeumas e condições que irão exigirdo psicólogo algo além da discussão meramente teórico-acadêmica. E o psicólogo percebe no contexto hospitalar que os ensinamentos e leituras teóricas de sua prática acadêmica não serão suficientes para embasar sua atuação. E aprende que terá que aprender aprendendo, como os pacientes, sua dor, angústia e realidade. E o paciente, de modo peculiar, ensina ao psicólogo sobre a doença e sobre lidarcom a própria dor diante do sofrimento.



E) A Psicologia Hospitalar- Objetivos e Parâmetros

A psicologia hospitalar tem como objetivo principal a minimização do sofrimento causado pela hospitalização. O psicólogo precisa ter muito claro sua atuação no contexto hospitalar. E como a minimização do sofrimento provocado pela hospitalização, também é necessário abranger-se não apenas da...
tracking img