Protozoarios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2022 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Estadual Maria Amélia do Espirito Santo

Doenças Causadas por Protozoários

Manaus-2013
João Igor da Cunha Silva - 3º ano 1


Doenças Causadas por Protozoários

Trabalho solicitado pela professora: Rina Oliveira, que ministra a disciplina de Biologia, para obtenção da nota parcial do 1º bimestre.

Manaus-2013
Introdução

O reino protista é composto pelos protozoários epelas algas unicelulares. O termo protozoário significa “primeiro animal”. Esse termo foi designado para agrupar organismos eucariontes unicelular com características próprias dos animais, como capacidade de deslocamento e heterotrofia. Através deles é possível ser infectado por diversas doenças, que acabam acarretando vários problemas para o organismo do ser humano.

Malária

Parasita -Plasmodium (gênero)
Sintomas - Acessos de febre, calafrios, anemia
Transmissão – Anopheles
Os esporozoítos entram na nas células hepáticas, onde se tornam merozoítos por esquizogonia, por sua vez, os merozoítos podem se transformar em gametócitos ou penetrar nas hemácias. Caso eles entrem nas hemácias, transformam-se em trofozoido e por esquizogonia, transformam se em novos merozoítos, o que leva aplasmoptíase da hemácia (rompimento).
Quando as hemácias se rompem, levam herozoína, e essa substância causa a febre. No mosquito, o ciclo se dá da seguinte forma: os gametófitos se transformam em gametas, por reprodução sexuada, que sofrem fecundação dando origem ao zigoto, esse por sua vez sofre reprodução por esporogônio e se transforma em esporozóitos.
O homem é o hospedeiro intermediário ea reprodução assexuada do esporozoíto ou do trofozoido no mesmo, é denominada esquizogonia. Já o mosquito (Anopheles) é o hospedeiro definitivo e a reprodução assexuada do zigoto no mesmo é chamado de esporogônio.

Doença de Chagas

O mal de Chagas, como também é chamado, é transmitido, principalmente, por um inseto da Subfamília Triatominae, conhecido popularmente como barbeiro. Este animalde hábito noturno se alimenta, exclusivamente, do sangue de animais vertebrados. Vive em frestas de casas de pau a pique, camas, colchões, depósitos, ninhos de aves, troncos de árvores, dentre outros locais, sendo que tem preferência por locais próximos à sua fonte de alimento.
Ao sugar o sangue de um animal com a doença, este inseto passa a carregar consigo o protozoário. Ao se alimentarnovamente, desta vez de uma pessoa saudável, geralmente na região do rosto, ele pode transmitir a ela o parasita. Esse processo se dá em razão do hábito que este tem de defecar após sua refeição. Como, geralmente, as pessoas costumam coçar a região onde foram picadas, tal ato permite com que os parasitas, presentes nas fezes, penetrem pela pele. Estes passam a viver, inicialmente, no sangue e, depois,nas fibras musculares, principalmente nas da região do coração, intestino e esôfago.
A transfusão de sangue contaminado e transmissão de mãe para filho, durante a gravidez, são outras formas de se contrair a doença. Recentemente descobriu-se que pode ocorrer a infecção oral: são os casos daquelas pessoas que adquiriram a doença ao ingerirem caldo de cana ou açaí moído contendo, acidentalmente, oinseto. Acredita-se que houve, nesses casos, invasão ativa do parasita, via aparelho digestivo. Cerca de 20 dias após a sua primeira – e última – cópula, a fêmea libera, aproximadamente, 200 ovos, que eclodirão em mais ou menos 25 dias. Após o nascimento, esses pequenos seres sofrerão em torno de cinco mudas até atingirem o estágio adulto, formando novas colônias.

Amebíase

Embora o intestinodo homem possa ser parasitado por diferentes espécies de amebas, a palavra amebíase é reservada apenas para designar o parasitismo por uma dessas espécies, a Entamoeba histolytica, única, de acordo com o consenso geral dos pesquisadores, capaz de desenvolver atividade patogênica. As demais amebas podem ser encontradas no intestino, a Entamoeba hartmanni, a Entamoeba coli, a Endolimax nana, a...
tracking img