protocolos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1537 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Aula prática nº 1
PRINCIPAIS NORMAS A ATENDER NUM
LABORATÓRIO DE BIOLOGIA
1 - Vestir sempre bata para proteger a roupa.
2 – Lavar e desinfectar as mãos antes de iniciar qualquer trabalho, bem como ao terminá-lo.
3 – Limpar a superfície da bancada com o desinfetante disponibilizado para o efeito, antes e depois
da execução do trabalho.
4 – Manter a bancada de trabalho livre de todo omaterial que não for utilizar.
5 – Evitar que objetos ou produtos inflamáveis fiquem próximos da chama.
6 – Colocar todo o material utilizado (como pipetas, bisturis, etc…) dentro dos respetivos recipientes
de desinfetante.
7 – Não fumar, não comer e não humedecer etiquetas com a boca.
8 – O estudante com cabelos longos deve prendê-los de forma a não os queimar, quando o trabalho
exige autilização do bico de Bunsen.
9 – No caso de entornar qualquer material, comunicar imediatamente, para que se proceda
conforme necessário.
10 – Comunicar imediatamente qualquer acidente como corte, queimadura, etc.
11 – Quando proceder a observações ao microscópio:
a) Guardar a capa do microscópio num local da bancada que não vá utilizar, e voltar a colocála no fim.
b) Colocar as lâminas jáobservadas dentro do recipiente com água e detergente.
c) Nunca deixar a lente de imersão suja de óleo, limpando-a com um lenço de papel.
13 – Não misturar material conspurcado com material limpo.
14 – Evitar falar e deslocar-se desnecessariamente.

2

Biologia Geral – Práticas

Docente – Sónia Santos

Microscópio ótico
Componentes do microscópio ótico

Ocular1

Braço2
Revolver2Objetiva1
Platina2
Condensador1
Diafragma2

Parafusos2

Fonte de luz1

Pé2

1
2

Parte óptica
Parte mecânica

Parte Mecânica

Pé ou base
Braço
Tubo ou canhão
Platina ou porta-objectos com pinças e nónios
Revólver ou porta-objectivas
Parafuso macrométrico
Parafuso micrométrico
Fonte luminosa
Sistema de Iluminação
Condensador

Parte Óptica
Objectivas
Sistema de AmpliaçãoOculares
Notações das objeticas – existem 4 números gravados no tubo de cada objetiva
Exemplo:
160 – comprimento (mm) entre o apoio da objetiva e a extremidade da ocular
160/0,17
0,17 – espessura da lamela a usar
10/0,25
10 – ampliação da objetiva
0,25 – abertura numérica
3

Biologia Geral – Práticas

Docente – Sónia Santos

Conceitos importantes em microscopia
1. Ampliação –relação da dimensão da imagem do objeto com a sua dimensão real.

Ampliação total da observação:
Ampliação da objectiva (4×, 10×, 40× e 100× - objectiva de imersão) × ampliação da ocular (10×)

2. Poder de resolução – distância mínima que separa dois pontos e que permite visualizá-los como
dois pontos distintos em vez de um só ponto.
O poder de resolução depende:
a) do comprimentos de onda daluz utilizada (λ) que, para a luz vísivel, é 0,4 a 0,7 μm,
isto é, para o microscópio óptico o λ é constante e ≈ 0,5
b) da abertura numérica (A.N.) = n (sen µ)

http://www.olympusmicro.com/primer/techniques/fluorescence/troubleshoot.html

n – índice de refração do meio entre a lamela e a objetiva (Ar = 1; óleo de imersão = 1,51; água =
1,33; vidro =1,5)
µ - metade da abertura angular,i.e., semi-ângulo com vértice no cone formado pelos raios que,
saindo da preparação, atingem a lente frontal da objetiva. Depende da largura da lente e da sua
distância ao objeto (numa boa objectiva o seu valor é de 70°, o que dá um sen μ ≈ 0,94).

O poder de resolução é dado pela fórmula da Abbe:
ɛ = 0,6 λ / n (sen µ)
0,6 é uma constante que reflecte o grau de sobreposição de dois pontos queainda podem ser
visualizados separadamente

3. Contraste – corresponde a acentuar as diferenças entre os constituintes do objeto de modo a
fazer sobressair uns em relação aos outros

4

Biologia Geral – Práticas

Docente – Sónia Santos

Técnicas citológicas
A preparação de material biológico é uma etapa importante para poder ser observado ao
microscópio ótico. Implica a utilização...
tracking img