Protocolo modbus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3169 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Anchieta
Curso Superior de Tecnologia em Eletrônica Industrial








Controle da mesa XYZ














SÃO PAULO
2012





Controle da mesa XYZ




Trabalho apresentado à Faculdade SENAI Anchieta como parte dos requisitos para a média final referente às matérias de MICRO e Redes Industriais.Cecilio Cerqueira Amorim
Aline Miyuki Takahashi
Cauê Oliveira
Everton Barros

Professores Orientadores:
Eden Marcos Braga de Oliveira




SÃO PAULO
2012

Introdução

A mesa XYZ será controlada por um computador através do protocolo de comunicação MODBUS. Este protocolo é um dos mais antigos e até hoje um dos mais utilizados em redes de Controladores Lógicos Programáveis (CLP) paraaquisição de sinais de instrumentos e atuadores.
O mecanismo de controle de acesso é do tipo mestre-escravo. O mestre (que no nosso trabalho será um computador) envia mensagens solicitando ao escravo (que no nosso caso será o kit 2 da microchip com o PIC 18F4550) que envie os dados lidos, ou o mestre envia sinais a serem escritos nas saídas.


1 Objetivo

O objetivo deste exercício édesenvolvermos um protocolo do tipo MODBUS. Desenvolveremos o protocolo escravo para se comunicar com o mestre e este controlar a mesa XYZ através de um meio de comunicação diferencial (par trançado), adotando o padrão RS485 para a comunicação, para que isso seja possível, devemos implementar uma adaptação entre os padrões RS232 e RS485, uma vez que tanto o PC que está com o programa mestre,quanto o kit de desenvolvimento utiliza a comunicação serial RS232.
Desenvolveremos também uma placa com circuito de potência para fazer uma interface entre o Kit 2 da Microchip e a mesa XYZ, ou seja, quando o mestre solicitar ao escravo que seja feita a leitura das posições dos atuadores o Kit 2 da Microchip lê as posições dos atuadores da mesa XYZ e envia para o computador os valores, omestre também pode mandar o escravo avançar um ou mais atuadores da mesa XYZ.
Basicamente, uma comunicação em MODBUS deve conter o endereço do escravo, o comando a ser executado, uma variável de dados complementares e uma verificação de consistência de dados (CRC - Cyclic redundancy check).


Desenvolvimento

A aplicação foi desenvolvida para ser compatível com o protocolo MODBUS, a tabelaabaixo ilustra o protocolo MODBUS e seua sequência de envio e recebimento:
|Mensagem enviada pelo mestre ao Escravo 17 |
|Byte |Valor (Hexa) |Comentário |
|1 |11 |Endereço do escravo =17 ou 0x11 |
|2 |0F |Serviço solicitado (15 - forçar estado das bobinas) |
|3 |00 |Endereço da 1.a bobina (0001-0001=0000) |
|4 |00 |Endereço da 1.abobina (0001-0001=0000) |
|5 |00 |Quantidade de bobinas - High |
|6 |04 |Quantidade de bobinas - Low |
|7 |01 |Quantidade de bytesseguintes com os valores |
|8 |0F |Estado das bobinas 0001-0004 (últimos 4bits) |
|9 |7F |CRC-Low |
|10 |9E |CRC-High...
tracking img