Protocolo de pneumoconioses

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2949 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GRUPO Nº 27 DISCIPLINA: PROTOCOLO DE PNEUMOCONIOSES

TAREFA RELACIONADA A PROTOCOLO PNEUMOCONIOSES

GOIÂNIA, GO MAIO, 2011

Universidade Federal de Goiás Especialização Multiprofissional em Saúde do Trabalhador Disciplina: Protocolo de Pneumoconioses

ATIVIDADE PROPOSTA: Enumerar cinco motivos que justificam a prevenção da pneumoconioses ocupacionais, dizendo sobre as razões que permitemo estabelecimento destas prioridades como ações prevencionistas.

SUBTEMAS: 1. Qual o momento mais adequado para iniciar a execução de ações prevencionistas para pneumoconioses ocupacionais.

2. Elabore um texto de acordo com a NR-1 da Portaria 3214 de 08.06.1978 do MTE sobre prevenção, tanto sob o ponto de vista coletivo quanto individual, das pneumoconioses ocupacionais que atenda ao item1.7 e seu desdobramento e sugerindo a forma ou formas mais adequadas de dar ciência e conhecimento aos trabalhadores.

PNEUMOCONIOSES ASSOCIADAS À ATIVIDADES DE TRABALHO E AÇÕES PREVENTIVAS

INTRODUÇÃO

A Saúde do Trabalhador constitui uma área da Saúde Pública que tem como objeto de estudo e intervenção as relações entre o trabalho e a saúde. Tem como objetivos a promoção e a proteção dasaúde do trabalhador, por meio do desenvolvimento de ações de vigilância dos riscos presentes nos ambientes e condições de trabalho, dos agravos à saúde do trabalhador e a organização e prestação da assistência aos trabalhadores, compreendendo procedimentos de diagnóstico, tratamento e reabilitação de forma integrada, no SUS (BRASIL, 2001). As doenças decorrentes da exposição ocupacional com longoperíodo de latência estão se tornando rotineiras na prática clínica. Dentre as principais doenças profissionais, as relacionadas ao aparelho respiratório apresentam-se como de grande relevância tanto pela sua gravidade, como pela dificuldade de controle e prevenção. Entende-se por pneumoconioses aquelas doenças pulmonares causadas por poeiras, como exemplos temos:  Silicose - causada por partículasda sílica, muito comum nas indústrias cerâmicas, minerações, pedreiras e metalúrgicas, provocando uma redução na capacidade respiratória.  Abestose - causada pelas fibras do abesto (amianto), provocando redução na capacidade de transferência de oxigênio para o sangue, além de câncer.  Antracose - também conhecida como "doença do pulmão preto" ou "doença dos mineiros". É causada pela inalação departículas de carvão mineral.  Bissinose - é causada principalmente pelas partículas de algodão, comum nas indústrias têxteis. Provocam redução na capacidade respiratória, febre e tosses freqüentes.  Pulmão dos fazendeiros - é provocada pala inalação de partículas dos cereais (sementes), madeiras ou fenos. Causam um tipo de cicratização nos pulmões, febre, calafrios, tosse, dores musculares eredução na capacidade de respiração. As pneumoconioses são provocadas pela ação lenta, repetida e durável de partículas de poeiras ou pós inalados ou aspirados. São geralmente de natureza profissional ou ocupacional e por isso mesmo compreendem grande capítulo das doenças profissionais regidas, mundialmente per leis especiais; têm alto índice de morbidade , de invalidez e de mortalidade dapopulação operária no período de vida de maior produtividade. Normalmente, os sintomas se manifestam somente após vinte a trinta anos de exposição ao pó. No entanto, no exemplo de exposição ao pó de sílica, em ocupações que

envolvem a utilização de jatos de areia, escavação de túneis e produção de sabões abrasivos, as quais produzem quantidades elevadas de pó de sílica, os sintomas podem ocorrer emmenos de dez anos (BARAZZUTTI, 2004). Verificamos, portanto, que estas doenças são doenças totalmente preveníveis e passíveis de erradicação. Entendemos que devemos, dentro da saúde do trabalhador, ter a proposta de incentivar medidas urgentes e efetivas de prevenção da ocorrência dessas doenças. Os meios para implementar e controlar programas de controle de riscos ainda estão em desenvolvimento...
tracking img