Projetos sociais esportivos: no combate a criminalidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 22 (5312 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 4 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS

ALVARO GILBERTO DA ROSA

PROJETOS SOCIAIS ESPORTIVOS: NO COMBATE A CRIMINALIDADE.

CAXIAS DO SUL, OUTUBRO 2011

ALVARO GILBERTO DA ROSA

PROJETOS SOCIAIS ESPORTIVOS: NO COMBATE A CRIMINALIDADE.

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito para a obtenção do título de Especialização em Gestão de Políticas Sociais, àUniversidade de Caxias do Sul, Centro de Ciências Humanas.

ORIENTADOR: DR. JOÃO IGNÁCIO PIRES LUCAS

CAXIAS DO SUL, OUTUBRO 2011

Projetos Sociais Esportivos: No combate a criminalidade. Resumo O presente ensaio propõe discutir algumas, das interfaces da questão da violência e o envolvimento crescente e cada vez mais precoce de jovens na criminalidade seja como vitima ou como autor. O texto destaca acomplexidade de se definir as causa da violência dando ênfase no contexto urbano. A partir de uma revisão bibliográfica buscou-se apurar a importância de projetos e programas sociais esportivos na redução da inserção de jovens no mundo do crime.

Introdução Os crescentes índices de violência e criminalidade tem sido destaque diário nos meios de comunicação brasileira, causando para sociedadecontemporânea medo, pavor e uma sensação de insegurança muito grande. O que agrava ainda mais este quadro é perceber a total incapacidade dos governos de combater e reverter este quadro. Cada dia mais jovens entram para o mundo do crime, sendo que estes são as principais vitimas e autores da violência letal. O presente ensaio pretende discutir e verificar a importância e o quanto podem contribuir,programas e projetos sociais esportivos, na inclusão e na redução de crianças e adolescentes na criminalidade.

Palavra chave: violência urbana, inclusão social, jovens infratores.

O Brasil atualmente faz parte de um grupo de países, apontados como sendo os mais violentos do mundo, ocupando o 6º lugar no ranking, atrás apenas de El Salvador, Colômbia, Guatemala, Ilhas Virgens (EUA) e Venezuela,conforme dados divulgados no mapa da violência 2010. Todos os dias os meios de comunicações nos apresentam dados que comprovam o crescimento vertiginoso da violência e da criminalidade. Este fenômeno tem levado muitos autores a afirmarem, ser este o problema mais critico do século XXI e não é para menos, esta insegurança tem gerado um temor generalizado na população, pois devido a sua abrangência elaatinge todas as classes sociais, gêneros e gerações o que deixa uma incógnita de quem será a próxima vitima. Tão grande quanto à sensação de insegurança é o desafio lançado aos governantes, de se não acabar com criminalidade, reduzir seus índices. Ao analisar a violência deparamo-nos diante de uma série de dificuldades por se tratar de um fenômeno complexo, não existindo uma definição consensual parao tema. Candau, (2001 p. 18) busca no Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa a definição da palavra violência “Violência significa qualidade de violento; ato violento, ato de violentar; constrangimento físico ou moral; uso da força; coação (p. 1779)”. O mesmo autor utiliza-se do Dicionário do Pensamento Marxista que define violência como sendo:
“Intervenção física de um indivíduo ou grupocontra outro indivíduo ou grupo (ou também contra si mesmo). Para que haja violência é preciso que a intervenção física seja voluntária (...). A intervenção física, na qual a violência consiste tem por finalidade destruir, ofender e coagir (...). A violência pode ser direta ou indireta. É direta quando atinge de maneira imediata o corpo de que sofre. É indireta quando opera através de uma alteraçãodo ambiente físico no qual a vítima se encontra (...) ou através da destruição, da danificação ou da subtração dos recursos materiais. Em ambos os casos, o resultado é o mesmo: uma modificação prejudicial do estado físico do indivíduo ou do grupo que é o alvo da ação violenta (p.1291)”.

O autor utilizou-se de duas definições, visando demonstrar, que embora se tratando do mesmo tema, os...
tracking img