Projeto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4722 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
22

CAPÍTULO 3 O USO DO COMPUTADOR NA EDUCAÇÃO:

3.1

Introdução

O presente capítulo, tem por objetivo, relatar o pensamento dos autores que tratam sobre a problemática da tecnologia educacional, esclarecendo pontos de vista favoráveis e não favoráveis ao ensino mediado pelo computador, as razões para seu uso nas escolas e sendo assim, o que muda quanto ao papel do professor e do aluno eprincipalmente, como esta ferramenta pode ser bem aproveitada para a melhoria da educação.

3.2

O computador na escola - Pontos positivos e negativos

Nem todos os pesquisadores aceitam pacificamente o uso dos computadores pelas escolas, alegando entre outros que o sistema possui sérios problemas de evasão e repetência que não serão superados pela simples incorporação dos computadores no ambiente deensino. Morais (2000), cita alguns destes críticos que acreditam ser o computador apenas uma panacéia estando entre eles: Santos (apud) que utiliza a falta de recursos do sistema público como justificativa para prever o fracasso da implantação da informática educativa; Herrera (apud), que vê a educação como um processo muito amplo, portanto a informática não passaria de um instrumento auxiliar para oensino; Setzer (1988), que vê no computador uma máquina que massifica o raciocínio, rejeitando, portanto, seu uso no ensino fundamental, recomendando-o apenas para o ensino de informática propriamente dito e não como ferramenta de ensino. Em contrapartida, Morais (op.cit) cita autores como Papert, Valente, Chaves, que defendem o computador como uma ferramenta que facilita o processo deensinoaprendizagem, auxiliando no desenvolvimento do raciocínio do aluno, aprovando portando o seu uso em sala de aula.

23

Moran (2001), afirma que as novas tecnologias são importantes, pois ampliam o conceito de aula, de espaço e tempo, de comunicação audiovisual e estabelece novas referências entre o presencial e o virtual, entre o estar junto e o estar conectado à distância, afirmando, que há umgrande investimento em tecnologias telemáticas1 para conectar alunos e professores no ensino presencial e à distância e de que são favoráveis as perspectivas de que trarão soluções rápidas para a melhoria da educação, porém, alerta para alguns pontos críticos que precisam ser levados em consideração para que toda esta mudança não seja apenas aparente, onde o computador seja apenas um aparatotecnológico de alto custo, mas sem funcionalidade para proporcionar aprendizagens significativas aos alunos. Ele cita: A questão da educação com qualidade. A construção do conhecimento na sociedade da informação. As novas concepções do processo de aprendizagem colaborativa.2 A reavaliação e atualização do papel e das funções do professor. A compreensão e a utilização das novas tecnologias visando aaprendizagem e não servindo apenas como fonte de informação. Compreensão da mediação pedagógica como categoria presente tanto no uso da técnica como no processo de avaliação. Também sobre o uso do computador em sala de aula, Chaves (1988), acredita que pode haver uma contribuição positiva, pois o mesmo pode ser utilizado para acelerar o desenvolvimento cognitivo e intelectual do aluno, principalmente noque se refere ao desenvolvimento lógico e formal e, para aumentar a capacidade de pensar com rigor encontrando soluções para os problemas. Este autor, alerta, entretanto que estes objetivos não serão contemplados apenas pelo uso do computador, porém a máquina pode servir como elemento de motivação para professores e alunos, trazendo melhorias pedagógicas às escolas contribuindo assim, para diminuira distância entre as escolas públicas e particulares, ou seja, as questões sociais também estão em jogo na questão da informatização das escolas.

“Tecnologias telemáticas se referem às telecomunicações e informática unidas, interligando computadores de todas as partes do mundo promovendo uma corrente para o intercâmbio do conhecimento”. (Cacique in: http://www.unibh.br/cacique/estant/artigo –...
tracking img