Projeto de pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1598 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE – UNICENTRO
SETOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS
DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO






PROJETO DE PESQUISA







JOSÉ CARLOS KOLITSKI,

JOETSO CHARLES STORER,

TARCÍSIO WOICHIK,

RULLIAN RECH.









EMPREENDEDORISMO EM PRUDENTÓPOLIS













Orientador: Prof. Ms. Antônio João Hocayen da SilvaPRUDENTÓPOLIS – PARANÁ
JULHO – 2012
3. PROBLEMA DE PESQUISA

Qual o perfil dos empreendedores no município de Prudentópolis?




















































4. OBJETIVOS


4.1. OBJETIVO GERAL

Analisar o perfil empreendedor de empresários do município de Prudentópolis.


4.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS


• Descreveraspectos pessoais dos empreendedores;

• Identificar o perfil profissional dos empreendedores; e

• Verificar as principais pratica de gestão dos empreendedores.










































5. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

5.1 CONCEITO EMPREENDEDORISMO

Empreender tem a ver com fazer a diferença, se antecipar aos fatos, implementar idéias,buscar oportunidades e assumir riscos. Muitos brasileiros têm buscado no empreendedorismo o caminho para o sucesso. Infelizmente, nem todos tem conseguido atingir os objetivos no campo empresarial.
Nos últimos anos, o empreendedorismo tem sido tema primordial de debate nas várias instâncias públicas e privadas. O país finalmente tem dado a devida importância ao empreendedorismo. Surgiram novasformas de apoio para o empreendedor ter suas iniciativas mais bem planejadas como: cursos especializados, entidades de classe, associações, eventos, seminários, ONGs, programas de apoio, publicações etc.
Com essa educação empreendedora os exemplos e casos de sucesso têm sido cada vez mais freqüentes, o empreendedorismo passou a ser uma disciplina, forma de agir, opção profissional e instrumento dedesenvolvimento econômico e social.
Um programa específico voltado ao público empreendedor foi a criação do Brasil Empreendedor, do Governo Federal, instituído em 1999, que teve como foco inicial a capacitação de mais de um milhão de empreendedores brasileiros na elaboração de planos de negócios, visando a captação de recursos juntos aos agentes financeiros do programa.

O Sebrae (ServiçoBrasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas) é um dos órgãos mais conhecidos do pequeno empresário brasileiro, que busca nessa entidade todo o suporte que precisa para iniciar sua empresa,como consultorias para resolver pequenos problemas pontuais de seu negócio.
Dados publicados pelo Sebrae em 2005 no Boletim Estatístico das Micro e Pequenas Empresas, mostram que as micro e pequenas empresasresponderam, em 2002, por 99,2% do número total de empresas formais, por 57,2% dos empregos totais e 26,0% da massa salarial. O número de microempresas no Brasil, entre 1996 e 2002, evoluiu de 2.956.749 para 4.605.607, com crescimento acumulado de 55,8%, passando a participação percentual no total de empresas de 93,2%, em 1996, para 93,6%, em 2002 (SEBRAE,2002).

Para Dornelas (2008 p. 14) apalavra empreendedor (entrepreneur) tem origem francesa e quer dizer aquele que assume riscos e começa algo novo. Antes de partir para definições mais utilizadas e aceitas, é importante fazer uma análise histórica do desenvolvimento da teoria do empreendedorismo.

Empreender não é somente ganhar muito dinheiro é sacrificar muitas horas do seu dia com jornada de trabalho de 16 horas,trabalhado arduamente, com isso ele sacrifica à convivência com sua família (DEGEN, 2009).

A palavra empreendedor é utilizada para designar principalmente a pessoa que se “dedica a geração de riqueza, seja na transformação de conhecimentos em produtos e serviços, na geração do próprio conhecimento ou na inovação em áreas como marketing, produção, organização etc (DOLABELA ,1999).

Um bom...
tracking img