Projeto de pesquisa: a industria cultural e as tecnologias cognitivas influenciando o padrão de entendimento do corpo no universo infantil e a pedagogia como poder transformador desta prática a partir de uma visão em nietzsche

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3814 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FÓRUM
CENTRO DE FORMAÇÃO ESTUDOS E PESQUISAS

A INDUSTRIA CULTURAL E AS TECNOLOGIAS COGNITIVAS INFLUENCIANDO O PADRÃO DE ENTENDIMENTO DO CORPO NO UNIVERSO INFANTIL E A PEDAGOGIA COMO PODER TRANSFORMADOR DESTA PRÁTICA A PARTIR DE UMA VISÃO EM NIETZSCHE

Adonai Fernandes de Carvalho

TERESINA, 2010

1. INTRODUÇÃO

A indústria cultural cria e justifica o que pretende vender através daexposição maciça de informações necessárias para o seu desenvolvimento, seja através do cinema, televisão, impressos, etc, cria, e termina por revitalizar conceitos, definir modas, afastar o critério autoreflexivo em si do homem para um modelo exterior de entendimento com um sentido voltado para a economia. Nesse contexto, a indústria cultura ao influenciar o padrão de entendimento do corpo,torna-se unificadora de uma consciência global generalizada que tem como produto final, o homem como mercadoria. A pedagogia e a sociologia da educação, através da apreensão das contradições e do movimento da realidade sobre o pensamento do corpo entre as crianças a partir de uma idéia em Nietzsche sobre a atividade criadora instintiva na infância, podem contribuir para a criação de uma consciênciacriadora liberta das cadeias fixas impostas pela industria cultural, vindo a fazer da educação um fator de poder para que se torne possível fomentar cidadãos com capacidade de criar e recriar o seu contexto a partir de concepções inovadoras independentes de mecanismos predefinidos que serão gerados, no pensamento de Nietzsche, através de uma transformação da linguagem que se dará através de umatransvaloração de todos os valores. É intuito da pesquisa verificar se as tecnologias cognitivas aliadas a indústria cultural são capaz de promover uma reespacialidade do pensamento e a partir de que idade existem interferençias e definições de imposições a comportamentos na população de crianças no ensino infantil.

2. JUSTIFICATIVA

A imagem da beleza interpretada pela indústria cultural, aliada aointeresse dos indivíduos em se adequar à sociedade, faz com que muitos tenham uma

tendência, uma intuição, um gosto, a tomar como verdade o fato de que o seu corpo precisa ser modificado, transformado, para estar em consonãnçia com o que lhe é apresentado. De acordo com Nietzsche (2006) é no corpo que se faz as instâncias criadoras instintivas e no mundo ocidental este corpo está colocado emnível de importância menos significativa à racionalidade, onde desde Sócrates quando a reiteração de suas idéias pelos filósofos posteriores foi amplamente divulgada nas ciências humanas no qual a razão foi colocada como princípio fundamental para se chegar a felicidade, também pelas idéias em Platão através do conceito de bom e da alma como verdades morais, e pelas instãncias religiosas quedesfizeram toda a crença no que é terreno, enaltecendo a liberdade através de uma transcendência, desta forma o corpo tornou-se mera causalidade física. A indústria cultural no exercício de sua atividade utiliza a racionalidade de Sócrates para objetivar o homem economicamente, o conceito “bom” em Platão para definir categorias como, por exemplo, moda, e as premissas religiosas de trancendência como umidealismo trancendental, onde o transcender não é mais ir além do mundo metafísico, mas é conseguir superar limitações para obter o corpo mensurado como perfeito que é a verdade espiritual, subjetiva e moral da indústria cultural, como um ideal de conduta da ação humana, no qual se pode verificar empiricamente, cientificamente esta verdade empírica, sendo a ser mesmo um modelo de ética. Apesquisa é importante pelo fato de buscar informações pertinentes que possam delimitar a atuação da indústria cultural no entendimento que as crianças têm do seu corpo e de si mesmo. É pretendido também que através dos dados obtidos verificar a possibilidade do desenvolvimento de uma pedagogia voltada para a criança e o seu corpo a partir de uma dimensão fenomenológica, ontológica em Nietzsche, ou...
tracking img