Profissoes do futuro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5151 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Março de 2012


Profissões do Futuro

No futuro esqueçamos os escritórios, os salários fixos e a aposentadoria. Trabalharemos em casa, seu chefe terá menos de 30 anos e será uma mulher.
Para começar, esqueça essa história de emprego. Em dez anos, emprego será uma palavra caminhando para o desuso. O mundo estará mais veloz, interligado e com organizações diferentes das nossas. Novastecnologias vão ampliar ainda mais a possibilidade de trabalhar ao redor do globo, em qualquer horário. Hierarquias flexíveis irão surgir para acompanhar o poder descentralizado das redes de produção. Será a era do trabalho freelance, colaborativo e, de certa forma, inseguro.
No entanto, para quem está ativo no mercado de trabalho brasileiro, desapegar-se do salário fixo ainda é um exercício penoso.Mas assim que mudar a geração que está no poder, a relação com o salário também vai se modificar. Até o momento persiste a necessidade de estabilidade, mas quem está começando a trabalhar agora encarará a remuneração de forma diferente.
Diferenças
  | 2009 | 2020 |
ESCRITÓRIOS | Presença física na empresa por várias horas por dia | As próprias casas serão locais de trabalho |
APOSENTADORIA| Após idade-limite ou tempo de contribuição à previdência | As pessoas vão se aposentar mais tarde ou continuar trabalhando |
MULHERES | Ganham menos que os homens e ocupam menos cargos executivos | Ganharão maior espaço nos escalões mais altos das empresas |
EMPRESAS | Grandes companhias centralizam a tomada de decisões | Descentralizado, como um conjunto de pequenas empresas |
SELEÇÃO |Com base no currículo, concursos e indicações | Empresas rejeitarão funcionários fumantes e obesos |
GERAÇÃO NO PODER | Nascidos nos anos 60 e 70 | Millennials (80 e 90) |
MOTIVAÇÃO | Dinheiro | Prazer |
ÁREA EM EXPANSÃO | Tecnologia | Meio Ambiente |

Com a globalização e os avanços tecnológicos, alguns deles já estão disponíveis atualmente, vão tornar tudo isso possível. É uma novageração que vai chegar ao comando das empresas, com uma presença feminina cada vez maior, vai colocar em xeque antigos dogmas. Para que as empresas vão pedir nossa presença física durante oito horas por dia se podem nos contatar por videoconferência a qualquer instante? Para que trabalhar com clientes ou fornecedores apenas do seu país se você pode negociar sem dificuldades com o mundo inteiro? Imagine aspossibilidades e verá que o mercado de trabalho vai ser bem diferente. O emprego vai acabar. Vamos ter que nos adaptar. Mas o que vai surgir no lugar dele é mais racional, moderno e, se tudo der certo, mais prazeroso. A mistura entre os espaços pessoais e profissionais deixa de ser um problema. Tecnologias como smartphones, notebooks mais baratos e conexão wi-fi abundante acabaram com a velhaimagem de abrir a porta de casa e deixar o trabalho para fora. Agora, saber separar essas duas áreas ou reuni-las quando necessário é uma decisão que os profissionais estão aprendendo, sozinhos, a tomar.
Trabalhar por prazer, com liberdade e férias em qualquer período do ano. Parece uma utopia ou, no mínimo, algo incapaz de pagar as contas do fim do mês. Mas o profissional de 2020 vai ser alguémexatamente assim, que manda na sua profissão e não trabalha por dinheiro, mas por amor. No rastro do vazio deixado pelos anos 90 descobrimos que o trabalho deve ter um significado maior que a busca financeira. Na busca por essa essência, entra em jogo o conceito de vocação laboral, ou seja, uma espécie de chamado íntimo que direciona a profissão de acordo com as preferências pessoais.
Há menos deduas décadas você não tinha pensado em consultar um web designer ou fazer um curso à distância vendo as aulas no computador. Se a tecnologia elimina alguns postos de trabalho, ela também cria novas profissões. O consenso entre futurólogos é que estamos entrando em uma era de confiança na ciência como nunca vivemos e, por isso, em alguns anos sua profissão não vai mais existir nos moldes de hoje....
tracking img