Professora

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (255 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A onça doente.
A onça caiu da árvore e por muitos dias esteve de cama seriamente doente. E como não pudesse caçar, padecia de fome. Em taisapuros imaginou um plano.

– Comadre Irara (disse ela)
– Corra o mundo e diga à bicharada que estou à morte e exijo que venham visitar-me.

A Iraradeu o recado e os animais, um a um, começaram a visitar a onça. Vem o veado, vem a capivara, vem a cotia, vem o porco-do-mato. Veio também ojabuti. Mas o jabuti, antes de entrar na toca, teve a lembrança de olhar para o chão. Viu na poeira só rastros entrantes, não viu nenhum rastro sainte.E desconfiou:

- Hum! ...Parece que nesta casa quem entra não sai. O melhor, em vez de visitar a nossa querida onça doente, é ir rezar por ela.E foi o único que se salvou.

Adaptação do texto de Monteiro Lobato – Coleção Tesouro da Juventude, Gráfica Editora Brasileira Ltda.Vocabulário: Rastros: pegada(s), sinal(is) Padecia: sofria Entrantes: que entram Sainte: que sai

 
Por que a onça estavadoente?______________________________________________

 
Marque um (X) na resposta correta:a) O plano da onça para fugir da fome foi:( )
 
pedir à comadre Irara que corresseo mundo e falasse à bicharada que estava àmorte.( )
 
pedir à cotia que assasse o porco-do-mato.( )
 
pedir que todos a ajudassem a morrer defome.

 
Risque o nome do animal que ao visitar a onça desconfiou dela:

 
Na sua opinião, quem foi o mais esperto nesta história? Por quê?
tracking img