Processo penal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (747 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de Processo Penal


Equipe:




Reformatio in Mellius, do latim, reformar para melhor


Para Fernando Capez, em tese, não poderia ser admitido uma reforma em recursoda acusação, que venha favorecer o réu. Entende que deveria prevalecer o mesmo princípio de que ao réu, não se permite o agravamento da pena em recurso. Porém, é voto vencido, pois a jurisprudência eaté mesmo a doutrina, admitem aproveitar o recurso do parquet para favorecer o réu. A base para sustentação dessa tese é de que a lei só veda expressamente a “reformatio in pejus.”

“inverbis”
Consiste na possibilidade do tribunal, em recurso exclusivo da acusação, melhorar a situação processual do acusado. Por exemplo, o promotor apela para aumentar a pena e o tribunalabsolve o réu. Entendemos que não é possível, em recurso exclusivo da acusação, reformar-se a decisão em favor do réu, em face do princípio do “tantum devolutium quatum apellatum” (neste sentido, RTJ,122/409). O tribunal estaria julgando “extra petita”, sem que tivesse competência recursal para tanto. No entanto, o entendimento contrário prevalece na jurisprudência. Assim, hoje é pacífico quecomo a lei só proibiu a “reformatio in pejus”, não há qualquer óbice em que o tribunal julgue extra petita, desde que em favor do réu. O STJ adotou este entendimento: (Resp. 2.804 – SP, DJU, 6 de agosto.1990. Fernando Capez


Recurso especial parcialmente conhecido e, nessa parte, provido. (REsp nº 247.821/PR, Rel. Minª LAURITA VAZ, Quinta Turma, DJU de 23/8/2004)

"RECURSO ESPECIAL. PROCESSOPENAL. RECURSO EXCLUSIVO DA ACUSAÇÃO. REFORMATIO IN MELLIUS. POSSIBILIDADE.
1 – É pacífico o entendimento do Superior Tribunal de Justiça de que, ao julgar recurso exclusivo da acusação, o Tribunalpode decidir em favor do réu, não sendo vedado pelo ordenamento jurídico vigente a reformatio in mellius, mas tão-somente a reformatio in pejus.
2 – Precedentes.
3 – Recurso especial a que se...
tracking img