Primavera silenciosa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2537 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ – IFPR
CAMPOS PALMAS – PR













RELATÓRIO PRÁTICO
Química Orgânica




















Palmas,11 de Novembro de 2010.
ACADÊMICOS: Hélison Kahler Mordhorst
Sidnei da Silva Kobeski
Cacio Guillande
Alesandro BrunettiEdirlei










EXPERIÊNCIA Nº 2
TEOR DE ÁLCOOL NA GASOLINA








Relatório Prático apresentado a disciplina
de Química Orgânica do Instituto Federal
do Paraná – IFPR Campos Palmas – PRProfº:Marcos José Barros











Palmas, 11 de Novembro de 2010.
SUMÁRIO





OBJETIVO……………………………………………………………………………4

1. INTRODUÇÃO…………………………………………………………………….5
1.1.Extração Contínua.....................................................................................................6

2. PARTEEXPERIMENTAL……………………………………………………….7
2.1. Teor de álcool na gasolina………………………………………………………...7

3. RESULTADOS E DISCUSSÕES………………………………………………...9
4. QUESTÕES……………………………………………………………………….10
5. CONCLUSÃO…………………………………………………………………….14

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS……………………………………………..15
































OBJETIVO

Determinar o teor de álcool em diferentes amostras de gasolina,usando um processo de porcentagens de amostras fazendo o processo de agitação dentro de uma proveta.





























1. INTRODUÇÃO


A extração por solventes é definida como um processo para a separação de um dado composto de um material mistura ou solução, por meio de um solvente, na prática, o maior emprego da extração por solventes se faznos casos em que se quer retirar um composto orgânico de uma solução aquosa.
O processo consiste em agitar dois líquidos imiscíveis na presença de uma terceira substancia que é solúvel em cada um deles. Esta terceira substancia se dissolvera nas outras duas fases (faze aquosa e fase orgânica) e de acordo com sua solubilidade relativa.
Entre os solventes orgânicos maisempregados como extratores, destacamos: éter etílico, benzeno, tolueno, éter de petróleo, dicloroetileno, clorofórmio, tetracloreto de carbono, acetato de etila e acetona. O éter etílico tem sido preferido, porem, devido a sua grande volatilidade e sua fácil inflamabilidade, deve ser usado com as devidas precauções. Gonçalves Daniel 1988.
A concentração orgânica e a concentração na faze aquosasão proporcionais a solubilidade do composto no solvente e na água a uma dada temperatura.
Nesta experiência foi utilizada uma técnica operacional de extração simples, e como solvente a gasolina onde ela comercializada possui uma porcentagem de álcool em sua composição autorizada ate 25% do volume total da gasolina.
A solubilidade efetiva em H2O de um composto orgânico pode serestimada conhecendo-se a solubilidade do composto puro e sua fração na gasolina. Esta solubilidade poderá aumentar se a esta gasolina forem misturados compostos oxigenados, como alcoóis e ésteres. A gasolina é um produto combustível derivado intermediário do petróleo, na faixa de hidrocarbonetos de 5 a 20 átomos de carbono. Uma das propriedades mais importantes da gasolina é a octanagem. A octanagemmede a capacidade da gasolina de resistir à detonação, ou sua capacidade de resistir ás exigências do motor sem entrar em auto-ignição antes do momento programado. A detonação (conhecida como "batida de pino") leva à perda de potência e pode causar sérios danos ao motor. Existe um índice mínimo permitido de octanagem para a gasolina comercializada no Brasil, que varia conforme...
tracking img