Primavera arabe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1205 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Primavera arabe
Site 1: guia do estudante
Nome dado a onda de protestos e revoluções contra governos do mundo árabe que eclodiram em 2011 . Os motivos para os protestos normalmente são o agravamento da crise no pais envolvido ,a alta taxa de desemprego e o aumento no valor dos alimentos.os países envolvidos são o Egito, Tunísia,Líbia,Lemem e Bareim. Essas revoltas já provocaram a queda dequatro governantes da região ,mas a maioria deles apresentaram uma grande resistência ao sair do poder.Dois desses países já realizaram eleiçoes e tem grandes chances de adotarem um regime democrático.
Site 2:terra
Desde 2011 paises do africa e do oriente médio enfrentam uma serie de protestos em defesa da democracia . Três nações já passaram por mudanças , trocando seus governadores , quechegaram a ficar 30 anos no poder.
Site 3:coladaescola
Onda de protestos contra o governo de cada nação .Esses protestos tem técnicas de resistência civil envolvendo greves , manifestações , passeatas e comícios com uso de mídias sociais como facebook, twitter e youtube para comunicar a população em face de tentativas de repreçao e censura na internet por parte dos Estados.
Site 4:tosabendomaisA situação econômica dos países envolvidos tem muito a ver com os motivos dos protestos. Alguns dos motivos são pela corrupção ativa que centraliza o dinheiro publico nas mãos de autocratas da região, a crise econômica, a externa e alta pobreza que inclui fome e desemprego ate de pessoas com alto grau de escolaridade. Essa situação se encontra com mais frequência e mais preocupação nos paísesencontrados no golfo pérsico e no nordeste da África.
Tunisia-após um comerciante atear fogo ao próprio corpo, por não poder vender seus produtos, uma onda de protestos se alastrou ate a queda de Ben-Ali presidente que estava no poder desde de 87 e que foi condenado a 35 anos de prisão e ainda é processado por lavagem de dinheiro e trafico de drogas. Os motivos desses protestos são a inflação dosalimentos, a falta da liberdade de expressão e pela pobreza geral na condição de vida da população . Foi grande o numero de mortos e feridos pela policia e forças de repressão do governo.

EGITO- os protestos se alastraram ao Egito, tendo uma forte repressão pelas autoridades que proibiram o uso da internet com o intuito de impedir a organização de protestos contra o governo egípcio. Com aforte repressão de manifestantes o presidente Mubarak se demitiu do cargo de presidente passando o cargo ao vice Omar Suleiman. Contudo a população ficou com receio do estilo Mubarak de governar continuasse a “reinar” após 30 anos de autoridade. Passado um tempo o vice Omar passou o poder as forças armadas, apesar disso as manifestações continuaram em um ritmo menor com menos derramamento de sangue.Libia- os conflitos na Libia se rebelavam contra as condições de vida no pais e as policiais com ataques a edifícios da cidade de Bayda, logo depois os protestantes tomaram as ruas de Trípoli (capital do país). Mercenários e forças armadas ligadas ao governo de Muamar Gaddafi tentaram retomar o poder das duas cidades, mas foram fortemente reprimidos . Gaddafi ameaçou os revoltosos afirmandoque os protestos levariam a uma Guerra-Civil, que levou a morte de milhares de líbios e na condenação de Gaddafi. Em agosto as tropas de Gaddafi foram superadas definitivamente marcando o fim de uma ditadura de mais de 40 anos e finalmente em outubro as tropas do Conselho Nacional de Transição cercou a cidade em que ele vivia e matou o ditador.

O destino dos países da Primavera Árabe ainda éincerto. Há um grande desafio que é o de construir instituições democráticas, que promovam a superação dos mais graves problemas econômicos relacionados ao desemprego e à pobreza, de acordo com os desígnios de uma população que tenha meios de comunicar suas demandas com liberdade de expressão e cobrar resultados dos próximos governantes por exercício do dever cívico, de forma que seja organizada e...
tracking img