Preconceito religioso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2144 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Campos Novos, 2013



Sumário
1. Introdução
2. Conceito
3. As religiões mais seguidas hoje em dia
4. Intolerância Religiosa
5. Causas de Intolerância Religiosa
6. Origem da religião
7. Conclusão
8. Bibliografia




















1. Introdução

Desde os primórdios, os homens acreditavam que os fenômenos naturais, como por exemplo, astrevas, o calor, o frio, a vida e a morte, eram controlados por deuses e espíritos. O início da religião começou com a observação. Pelas suas escrituras deixadas pelos homens pré históricos em suas cavernas pesquisadores constaram que seu primeiro deus foi o sol. Esses grupos de homens foram se dividindo e levando consigo suas próprias teorias misticas sobre tudo ser controlado por espíritos.Hoje em dia essa divisão ocasionou em diversas teoria dogmáticas e mitoligicas, determinada religião, e que consequentemente atrai muito preconceito e intolelância entre as diferenças de pensamento.























2. Conceito

Religião é um conjunto de sistemas culturais e de crenças, além de visões de mundo, que estabelece os símbolos que relacionam ahumanidade com a espiritualidade e seu próprios valores morais. Muitas religiões têm narrativas, símbolos, tradições e histórias sagradas que se destinam a dar sentido à vida ou explicar a sua origem e do universo. As religiões tendem a derivar a moralidade, a ética, as leis religiosas ou um estilo de vida preferido de suas ideias sobre o cosmos e a natureza humana.
A palavra religião é muitas vezes usadacomo sinônimo de fé ou sistema de crença, mas a religião difere da crença privada na medida em que tem um aspecto público. A maioria das religiões tem comportamentos organizados, incluindo hierarquias clericais, uma definição do que constitui a adesão ou filiação, congregações de leigos, reuniões regulares ou serviços para fins de veneração ou adoração de uma divindade ou para a oração, lugares(naturais ou arquitetônicos) e/ou escrituras sagradas para seus praticantes. A prática de uma religião pode também incluir sermões, comemoração das atividades de um deus ou deuses, sacrifícios, festivais, festas, transe, iniciações, serviços funerários, serviços matrimoniais, meditação, música, arte, dança, ou outros aspectos religiosos da cultura humana.

3. As religiões mais seguidas hoje emdia

Religião |Adeptos |
1º Cristianismo |2 a 2,2 bilhões |
2º Islamismo|1,3 a 1,6 bilhões |
3º Hinduísmo |828 milhões a 1 bilhão |
4º Budismo |400 a 500 milhões |
5º Religiões populares |400 a 500 milhões |
6º Religiões populares chinesa |400 a 500 milhões |
7º Xintoísmo |27 a 65 milhões |
8º Sikhismo |24 a 28 milhões |
9º Judaísmo |14 a 18 milões |
10º Jainismo |8 a 12 milhões |4. Intolerância Religiosa

Intolerância religiosa é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar diferenças ou crenças religiosas[->0] de outros. Pode-se constituir uma intolerância ideológica ou política. Pode-se também resultar em perseguição religiosa e ambas têm sido comuns através da história. A maioria dos gruposreligiosos já passou por tal situação numa época ou noutra. Floresce devido à ausência de tolerância religiosa[->1], liberdade de religião[->2] e pluralismo religioso.
Perseguição, neste contexto, pode referir-se a prisões ilegais, espancamentos, torturas[->3], execução injustificada[->4], negação de benefícios e de direitos e liberdades civis[->5]. Pode também implicar em confisco de bens e destruiçãode propriedades, ou incitamento ao ódio, entre outras coisas.
A intolerância é uma doença, e, de tempos em tempos, torna-se uma epidemia, um mal social que atinge uma imensa camada da população global, que fere a dignidade humana e a liberdade de expressão. Ela se baseia no preconceito, na discriminação, no pretenso monopólio da verdade e no fundamentalismo. Aqueles que praticam a intolerância...
tracking img