Praticas pedagogicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1863 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO DAS PRINCIPAIS IDEIAS APRESENTADAS NOS CAPÍTULOS 1,2 e 5

Gélsy Catariana Mandelli





INTRODUÇÃO


No mundo atual, a complexidade dos estudos efetuados talvez venha a ressaltar a relatividade do retorno esperado a longo prazo. Sabe-se que a educação é direito de toda criança. Este trabalho aqui defendido possibilita uma melhor visão do processo de política educacional. Emuma visão de longo prazo, verifica-se que a contínua expansão de nossa atividade é uma das formas de proporcionar uma educação de qualidade.
É importante questionar o quanto o desafiador cenário da educação causa impacto direto e indireto na reavaliação das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. Não obstante, a hegemonia do ambiente político acarreta um processo de reformulação emodernização de todo os recursos funcionais envolvidos.
A educação pública brasileira é permeada por problemas comuns que vão desde a evasão escolar até a infraestrutura. São problemas oriundos de uma sociedade capitalista, conservadora e reprodutora, cujos conflitos e contradições evidenciam-se também na educação brasileira. A educação como direito do cidadão deve acontecer na esfera pública. No entanto,percebemos que os governos ainda não demonstraram a devida importância com a educação nacional, pois elementos como distorção idade-série, repetência e baixa escolaridade dos adolescentes, jovens e adultos demonstram os problemas existentes na educação.
Diante desta problemática, surge a necessidade de identificar e analisar quais as propostas do atual governo para oferecer uma educação pública,gratuita e de qualidade. Qualidade no acesso do educando, na sua permanência e nos aspectos físico e humano, necessários para que a educação realmente aconteça e seja garantida a todos.

AS POLÍTICAS PÚBLICAS RECENTES PARA A INFÂNCIA NO BRASIL

A Primeira infância é a faze em que a criança assimila conhecimentos com mais facilidade pois esta no auge das descobertas, sua mente está aberta eflexível para criai e aprender. Na década de 1970 até os dias de hoje as políticas públicas implementaram novos planos e leis visando educar e atualizar o sistema educacional de modo a atender especialmente as crianças de 0 a 3 anos de idade, através das creches e centros educacionais de 4 a 6 anos na pré escola. A Constituição Federal de 1988 foi um marco histórico assim como o Estatuto da Criançae do Adolescente Lei 8.069/1990 e a lei das Diretrizes e Bases Nacionais – Lei número 9394/1996(brasil,1996a),Essas leis esclarecem que a criança é um sujeito de direitos e que precisa receber educação e proteção. Ao adulto cabe a responsabilidade de cumprir o que determinam de leis e cobrar do estado Política Públicas que atendam as necessidades básicas para que essas leis sejam cumpridas. Porisso deverá adequar estruturas e espaços destinados a abrigar as crianças,.assim como a formação e capacitação de docentes, serventes, diretores e todas as pessoas que dão suporte a educação para que esta seja realmente de qualidade. A LDB também prevê que a educação seja gratuita em creches e pré escolas que atendem crianças de o a 6 anos de idade. Nessa faze a criança deverá receber educação eorientação para seu desenvolvimento integral, físico,psicológico intelectual e social,mas deixa claro que a educação na instituição escolar deverá ser uma complementação da ação que ocorre na família e comunidade de vivência da criança. (Artigo 29 LDB) e a avaliação será feita para acompanhamento do desenvolvimento da criança sem objetivo de promoção ( Artigo 31 LDB).
Em 1998 o MEC lançou aPreferencial Curricular Nacional para educação infantil (RNC) com a ampla distribuição para os servidores da educação. O cunho político do ato ficou bem enfatizado. As irregularidades nas definições e conceitos e por não possuir caráter obrigatório ,não deve ser considerado último recurso a ser utilizado.
O PNE (plano nacional de educação) reforça que a educação infantil não é obrigatória,mas que é...
tracking img