PR TICAS GRUPAIS CAPS

Páginas: 23 (5636 palavras) Publicado: 5 de setembro de 2015
AS PRÁTICAS GRUPAIS EM UM CAPS - CENTRO DE ATENÇÃO
PSICOSSOCIAL: SUA RELEVÂNCIA E O RISCO DE IATROGENIAS
Renata Bellenzani1: renatabellenzani@hotmail.com
Mayara Karolina Alvarenga Recaldes Gomes Coutinho2: mayaracoutinhopsico@hotmail.com
Maylla Monnik Rodrigues de Sousa Chaveiro2: maylla-monnik@hotmail.com
1) Introduzindo os temas: saúde mental, grupo e humanização da atenção
O modo de entender etratar a loucura tem sofrido grandes mudanças no decorrer
da história, saindo de um modelo hospitalocêntrico centrado na instituição psiquiátrica e
nos tratamentos morais promotores de exclusão e estigmatização do doente mental, para
um novo modelo, de base territorial que entende as pessoas portadoras de transtornos
mentais como sujeito de direitos (Antunes e Queiroz, 2007). A insuficiência dosistema
hospitalar no atendimento prolongado a pessoas em sofrimento psíquico atrelada às
condições desumanas a que estas pessoas eram submetidas até o século XX,
desencadeou um processo de transformação que sustentou a Reforma Psiquiátrica
suscitada em vários países (Brasil, 2007). No Brasil, o Movimento Nacional de Luta
Antimanicomial (MNLA) reúne diversos segmentos da sociedade, surgiu há maisde
vinte anos e sofreu maior influência da reforma psiquiátrica italiana. (Lancetti e
Amarante, 2006) Pautado numa perspectiva crítica da doença mental e da psiquiatria, o
movimento questiona a maneira de pensar e tratar a loucura, criticando os pressupostos
psiquiátricos quanto a seus efeitos de normatização e controle (Neto, 2003). A extinção
progressiva dos hospitais psiquiátricos e a criação deuma rede substitutiva de atenção à
saúde mental que considere a liberdade e o acesso à cidadania dos portadores de
transtornos mentais são as principais reivindicações do MNLA no Brasil.
O CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) é o principal equipamento desta rede,
e tem por objetivo o tratamento e reabilitação psicossocial e a promoção da autonomia e
cidadania, além de ser orientado pela noção decuidado e promoção dos direitos dos
usuários. Os CAPS se diferenciam de acordo com características tais como: densidade
populacional do território ou do município, horário de funcionamento, população
atendida, além dos profissionais que compõem a equipe. Podem ser dos seguintes tipos:
CAPS I, CAPS II, CAPS III, CAPS-AD (atendimento aos usuários de drogas lícitas e
ilícitas) e CAPS-i (atendimentoinfanto-juvenil) (Brasil, 2004).
Em alguns municípios a nomenclatura utilizada são Núcleos de Atenção
Psicossocial (NAPS) ou Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAM), serviços
regulamentados pela Portaria nº. 336/GM, de 19 de fevereiro de 2002, fundamentados
pela Lei Federal 10.216 de 2001, que dispõe sobre os direitos das pessoas com
transtornos mentais e privilegia o tratamento em serviçosterritoriais, de base
comunitária. Isso consiste num avanço social e histórico-cultural na forma de conceber
a loucura, “os loucos” e as noções de cuidado e atenção com relação às pessoas em
sofrimento psíquico, do ponto de vista da Saúde, Estado e sociedade. É uma grande
conquista do Movimento Nacional e Internacional de Luta Antimanicomial.
De acordo com o Ministério da Saúde (Brasil, 2004), osCAPS têm caráter
territorial e comunitário, realizam ações intersetoriais, podem oferecer diversos tipos de
atividades terapêuticas como oficinas terapêuticas, atividades comunitárias, atividades
artísticas, orientação e acompanhamento do uso de medicação, atendimento domiciliar e
aos familiares dos usuários, psicoterapia individual ou em grupo, dentre outras.
1
2

Professora M.Sc. do curso dePsicologia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.
Alunas do quarto ano do curso de Psicologia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Em meio a tantas possibilidades de atividades terapêuticas, a literatura aponta
que a nova configuração dos serviços de saúde mental fez dos atendimentos grupais o
principal recurso terapêutico nestes contextos (Lancetti, 1993; Guanaes; Japur,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cap 6 Fundamentos pra pr tica
  • Caps: suas praticas grupais.
  • DOSSI IV Cap Tulo 2 Rela Es Pr Ticas Para O Atendimento
  • Pr Tica
  • Pr Tica Ngulos Inform Tica
  • PR TICA DE ATIVIDADE LIPOL TICA
  • AS PRATICAS DO PSICOLOGO NO CAPS E A APRENDIZAGEM GRUPAL.
  • Pol tica Nacional de Pr ticas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!