pos modernismo e pos estruturalistas - prova

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2161 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
1) a- Os pensadores pós-modernos se caracterizam pela desconfiança e pela descrença na possibilidade de reformar o projeto iluminista e recuperar seu compromisso com a autoridade e a liberdade humanas, Baseia-se na convicção de que não podemos separar a razão das relações de poder que possibilitam falar em "verdades" cientificas.
Para os pós-modernos os dados como tais não nos dizem nadainteressante sobre a realidade que queremos conhecer. Os dados em si mesmos não possuem significado além daquele que os sujeitos que estudam lhe atribuem. Nesse sentido, em uma abordagem perspectiva, a interpretação se torna mais importante que o dado empírico, e o esforço teórico se volta para a analise das próprias teorias, seus temas, metodologias e pressupostos.
A teoria critica de inspiraçãopós-moderna nega que posamos tratar a política de maneira semelhante a fenômenos naturais e, consequentemente, que seja aceitável adotar uma metodologia comum.

b- Os pós-modernos afirmam que toda teoria é normativa, ou seja, formulada a partir de uma visão de mundo baseada em valores. Não existe um lugar que esteja "acima" de todos outros e que nos permita uma perspectiva ampla e total da realidade.2) Destaca se três pontos centrais do argumento pós - moderno sobre o lugar das RI na política externa:
As Relações Internacionais contribuem para a construção da visão de mundo que separa o espaço doméstico do internacional que está na base de toda reflexão moderna sobre a política.
As Relações Internacionais têm papel fundamental na produção do discurso de soberania, que é constitutivoda concepção moderna de sujeito e de Estado
As Relações Internacionais são responsáveis pela formulação do discurso de anarquia como uma esfera de incerteza, violência e repetição, que se contrapõe ao discurso do sentido, da cooperação e do progresso na esfera domestica do Estado.

3)
FILOSOFIA POLÍTICA DE MICHEL FOUCALT
- Toda forma de dominação depende de uma articulação entre conhecimento epoder.
- O poder precisa do conhecimento para operar, e o conhecimento é produzido no âmbito de redes de poder.
- Não podemos separar o mundo das ideias da realidade material, as teorias das praticas que a confirmam, o império da razão do reino da violência.
- O conhecimento não é produzido nas mentes de cientistas e filósofos.
- Rejeita a noção de um saber capaz de abranger a totalidade dasrelações sociais, produzindo uma verdade única e unificada.
- Nexo poder / conhecimento se manifesta em uma multiplicidade de locais e requer um esforço constante de institucionalização, disciplina e disseminação em redes que produzam efeitos e adquiram a aparência de um grande regime de verdade, de uma sociedade organizada de acordo com uma racionalidade e sentido.

4) Ao delimitar o mundo emduas esferas, internacional e domestica, a disciplina de Relações Internacionais desempenha um papel crucial na constituição da política moderna em torno do eixo soberania/anarquia. A partir dessa diferenciação, organizam-se e legitimam-se as praticas de guerra, da diplomacia, da balança de poder, da hegemonia, bem como, no plano interno, do governo pela representação, da competição políticapacífica, etc.
A consequência dessa manobra que funda o mundo moderno é afastar, definitivamente, toda consideração acerca de uma possível comunidade internacional. Em outras palavras, a existência de uma comunidade dentro do Estado se contrapõe á ausência dela fora, e é sobre essa contraposição que se sustenta a organização da vida política em torno do principio de soberania.

5) A desconstrução éuma modalidade de critica característica de autores pós-modernos, seu intuito é questionar as dicotomias nas quais as teorias dominantes se baseiam para construir sua representação de política mundial, por exemplo, anarquia/soberania; guerra/paz; cidadão/estrangeiro etc. Essas dicotomias contrapõe pólos opostos que só podem ser interpretados quando justapostos. A dicotomia fundamental da...
tracking img