Porifera

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 58 (14322 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Capítulo 3 Filo Porifera
Guilherme Muricy1, Cristina Pereira Santos1, Daniela Batista1, Daniela de Almeida Lopes1, Diogo Pagnoncelli1, Leandro de Campos Monteiro1, Maíra Ventura de Oliveira1, Maria Claudia Ferreira Moreira1, Mariana de Sousa Carvalho1, Mariana Melão1, Michelle Klautau2, Pablo Rodrigues Dominguez1, Rafael Nogueira Costa1, Renata Gomes Silvano1, Sabine Schwientek3, Suzi MenezesRibeiro1, Ulisses dos Santos Pinheiro4 & Eduardo Hajdu1

Resumo
Neste trabalho são descritas a composição taxonômica, a riqueza específica, a abundância, a biomassa, e a distribuição geográfica e batimétrica das esponjas marinhas (Filo Porifera) coletadas pelo Programa REVIZEE SCORE Central, campanhas de bentos II, V e VI. Foram estudados 3800 espécimes de Porifera, dos quais 99,4% eram da ClasseDemospongiae, 0,37% da Classe Calcarea e 0,26% da Classe Hexactinellida. Os espécimes foram classificados em 295 morfotipos pertencentes a 56 famílias de Porifera. Até o momento, 172 morfotipos já foram identificados em nível de gênero ou espécie. As famílias mais ricas em espécies foram Chalinidae (22 morfotipos), Ancorinidae (18), Niphatidae (15) e Petrosiidae (14). As famílias mais abundantes emnúmero de indivíduos foram Halichondriidae, Aplysinidae, Niphatidae e Spongiidae. A biomassa total de Porifera foi de 110,5 Kg apenas nas campanhas Central V e VI, 99,9% dos quais da Classe Demospongiae. A família Aplysinidae teve a maior biomassa, seguida por Ancorinidae, Niphatidae, Agelasidae e Halichondriidae. Ocorreram esponjas em 89 das 134 estações de coleta por dragagem. Demospongiae esteverepresentada em 88 estações, enquanto Calcarea e Hexatinellida ocorreram em apenas sete e quatro estações, respectivamente. As famílias de Porifera mais freqüentes foram Aplysinidae, Halichondriidae, Ancorinidae, Tetillidae, Axinellidae, e Agelasidae. A maioria das famílias de Demospongiae ocorreu nas áreas mais rasas, até 250 m. A Classe Calcarea se restringiu à faixa de 50-100 m de profundidade,e a Classe Hexactinellida ocorreu apenas nas maiores profundidades, entre 250 e 1700 m. A fauna de Porifera coletada pelo Programa REVIZEE SCORE Central apresenta muitas novas ocorrências para o Brasil e prováveis espécies novas, demonstrando a importância do Programa REVIZEE para o levantamento da fauna marinha brasileira. A maioria das espécies e dos gêneros identificados produz substânciasbioativas de interesse farmacológico e alto potencial econômico. Palavras-chave: REVIZEE Central, esponjas, biodiversidade, abundância, biomassa, importância econômica.

1. Departamento de Invertebrados, Museu Nacional – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Quinta da Boa Vista, s-no., São Cristóvão. 20940-040 Rio de Janeiro, RJ. 2. Departamento de Zoologia, Instituto de Biologia – UniversidadeFederal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ. 3. University of Applied Sciences, Bremen, Alemanha. 4. Departamento de Ciências Biológicas, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Jequié, BA.

MURICY, G. et al. 2006. Capítulo 3. Porifera. In: LAVRADO, H.P. & IGNACIO, B.L. (Eds.). Biodiversidade bentônica da região central da Zona Econômica Exclusiva brasileira. Rio de Janeiro: Museu Nacional.p. 109-145 (Série Livros n. 18)

109

Abstract
In this study we described the taxonomic composition, species richness, abundance, biomass, geographic and bathymetric distribution, and economic importance of marine sponges (Porifera) collected by the Programme REVIZEE– Central SCORE, benthos campaigns II, V, and VI. A total of 3800 specimens of sponges were studied, 99.4% of which belongingto Demospongiae, 0.37% to Calcarea, and 0.26% to Hexactinellida. The specimens were classified in 295 morphotypes belonging to 56 sponge families. So far, 172 morphotypes were identified to genus or species. The richest families in numbers of species were Chalinidae (22 morphotypes), Ancorinidae (18), Niphatidae (15), and Petrosiidae (14). In numbers of individuals, the most abundant families were...
tracking img