Politicas de informacao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2268 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Euclides Daniel Cumbe. 08/04/2011
1.Resumo analitico: políticas públicas de informação
Desde longos anos, o debate em torno da vida do homem, ganha substância à medida que vão se criando um conjunto de elementos normativos, destinados a agarantir a boa convivência, melhores interacções enfim, também na cimentação do poder, elemento este considerado por Bobbio (1995), como a precedenteelaboração e implementação de política. Diante deste factor, emergem entre tantos outro, o mais essêncial que embora numa visão territorial se alías também as espectativas de poder, falando efectivamente do Estado, como a unidade mais representativa do poder, e fundamental argumento para a determinação da ordem social, que passa necessariamente pela aplicação da informação para assim o ser, acima de tudocomo plataforma visionária dos objectivos e duma nação. Assim, falar basicamente de Estado-informação e políticas, representa necessariamente falar de um dos elementos fundamentais, centrais ora imperiosos na busca de percepção do que é essencialmente falar de informação no contexto político.

Na visão epistemiológica, mercê considerar que políticas públicas, na condição de MULLER e Surel (2004)citados por NHARRELUGA( 2002) conduz a , policies que significa estudo da acção pública, politics que representa as dinámicas e aos actores que caracterizam a actividade política em geral, e , por último polity referente a aos processos e às interacções que concorrem para a formação e a evolução da esfera da política. Aliásm, de forma mais elaborada, pode também ser orienatada como “também“(...) uma teia de decisões que alocam valor, como considera EASTON (1953:130), citado pelo mesmo, bem como ”conjunto de decisões interrelacionadas, concernindo à selecção de metas e aos meios para alcançá-las, dentro de uma situação especificada”. JENKINS (1978:15). Necessariamente políticas públicas de informação é no fundo um conjuntode ordens, orientações, demarcações destinadas a agregar valor eutilidade a informação.

numa visão mais profunda, claro históricamente falando, esta perspctiva de dotar maior dinámica ao ambiente político ou governamental da informação a chave-“informação”, toma como norte grandes momentos dinamizados particularmente pelas Guerras mundiais, a concorrência imperialista, o capitalismo e fundamentalmente apoiando-se ao cenário internacioanal em agenda acentralização de poder, na espreita das políticas tecnológicas. Necessariamente, neste ambiente que se destacam factor políticos, ilucidativos da tendência de politização da informação e seus fluxos, “Weinberg Report” (U.S. President’s Science and Advisory Commitee, 1963) do governo norte-americano e as agendas internacionais estabelecidas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência eCultura (Unesco), bem como programas de grande gabarito UNISIST, pela UNESCO nos ano de 1972 com visão para uma cooperação voluntária entre nações, melhoramento de acesso e uso de informação e superação de desiquilíbrio entre os Países desenvolvidos e os em desenvolvimento, numa dimensão ainda internacional, desdobrada dois(2) anos mais tarde como a proposição de NATIS, este com uma amplitude maislocal, isto é, como agendas locais de cada pais, apoios e incentivos no alcance aos objectivos antes propostos.
Há que salientar que aqui, o estado é o maior e central agente na busca pelo acesso a informação (bibliotecas, arquivos unidades documentais). No limiar dos anos 70, emerge um nova roupagem ao ambiente da informação, justificada pelo crescimento exponecial das tecnologias de informação.neste contexto, o debate em torno da situação informacional ou do desenvolvimento desta fica mais centrada para as infra-estruturas de informação, portanto reconhece-se também a sociedade de informação.

Perante este novo horizonte, naturalmente que as políticas em termos de programas de liderança e massificação da informação ganham novos discursos, com o aparecimento do, programa da...
tracking img