Politica: um exercicio de poder

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (499 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
POLÍTICA: UM EXERCÍCIO DE PODER

Larissa Alves Leite
Sandro Gama Almeida

RIBEIRO, João Ubaldo. Política: quem manda, por que manda, como manda. 3.ed.rev. por Lucia Hippolito. — Rio de Janeiro:Nova Fronteira, 1998.

O termo política, de alguma forma, é um exercício de poder. Porém, essa definição de política como algo relacionado ao poder não chega a ser satisfatória, pois apresentainúmeras definições. Ele só pode ser visto, sentido, avaliado, ao exercer-se. Por exemplo, os americanos definem política como a capacidade de influenciar o comportamento das pessoas. É evidente que o atopolítico possui dois aspectos inerentes: o interesse e a decisão. Sendo assim, a política passa a ser entendida como um processo onde interesses são transformados em objetivos e estes são levados àformulação e decisões. Então, pode-se afirmar que a política tem a ver com quem manda, por que manda e como manda. Afinal, mandar é decidir.
A política já foi chamada de filosofia, arte, ciência eprofissão por abordar a relação entre homem e poder e pela influência na condução da sociedade. O termo apolítico é visto por muitos como ausência política, mas na verdade significa falta de consciênciaou de papel político. Ou seja, passa a ser um político conservador que não vê necessidade de mudança. Portanto, não há apolíticos, mas sim pessoas que são insensíveis à vida em comum, pois política éreferida como tudo que se passa na vida do homem.
O homem nasce sem preconceitos, ele os adquire socialmente, ao aprendê-los, o seu comportamento é influenciado. A política não deixa de ser um jogo depoder, é uma negociação que visa à tomada de uma decisão, ela faz parte da conduta humana. E, no sentido mais amplo, é o interesse público, da coletividade, da sociedade. E ainda, diferentemente decomo estamos acostumados a pensar, política não é apenas o jogo eleitoral, como eleições, promessas e discursos, como se diz muita sujeira, mas é a nossa própria existência coletiva, educacional,...
tracking img