Policia comunitaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5372 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO





1. INTRODUÇÃO.......................................................................................................4

2. PROBLEMAS ATUAIS.........................................................................................5

3. POLÍCIA COMUNITÁRIA (CONCEITOS)..............................................................5

4. PRINCÍPIOS DA FILOSOFIA DE POLÍCIACOMUNITÁRIA..................................8

5. UMA POLÍCIA DE DIREITOS HUMANOS............................................................10

6. POLÍCIA COMUNITÁRIA E CIDADANIA..............................................................11

7. O DESENVOLVIMENTO DOS “SEIS GRANDES”...............................................12

8. NÍVEIS PARA A PREVENÇÃO DACRIMINALIDADE.........................................13

9. EVOLUÇÃO PARA A FILOSOFIA DE POLÍCIA COMUNITÁRIA........................13

10. O QUE NÃO É POLICIAMENTO COMUNITÁRIO..............................................17

11. DIFERENÇAS BÁSICAS DA POLICIA TRADICIONAL COM A POLÍCIA COMUNITÁRIA.......................................................................................................18

12. PANORAMAMUNDIAL....................................................................................20

13. CONCLUSÃO...................................................................................................21

14. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.......................................................................22
















1. INTRODUÇÃO
Neste trabalho,faremos menção ao que é polícia comunitária e todos seus aspectos, é preciso deixar claro que “Polícia Comunitária” não tem sentido de instituição policial, mas sim o de solidariedade social. Nessa condição, entendemos que todas as forças vivas da comunidade devem assumir um papel relevante na sua própria segurança e nos serviços ligados ao bem comum. Acreditamos ser necessária esta ressalva, paraevitar a interpretação de que estejamos pretendendo criar uma nova polícia ou de que pretendamos credenciar pessoas extras aos quadros da polícia como policiais comunitários.




































2. PROBLEMAS ATUAIS

A situação da Segurança Pública que vemos hoje é o resultado de um processo que remonta aos primórdios dacolonização do Brasil, por uma série de fatores infraestruturais, que vão desde a forma como se iniciou a colonização (por exemplo, o sistema de Capitanias que gerou problemas agrários até hoje não solucionados), até a estrutura e funcionamento dos órgãos policiais.

Acrescenta-se a isso, o crescimento desordenado da população, sem o acompanhamento da infraestrutura de atendimento,aumentando os conflitos sociais em função do desemprego, da falta de habitação, saúde, educação, entre outros, cria um campo propício para o aumento dos problemas de segurança.

Acrescenta-se a isso outros processos sociais hoje observados, que mudam a realidade constantemente e cada vez mais rápido. Entre eles a mecanização, que consome postos de trabalho diariamente, aumentando a pressãosocial pela busca do sustento de cada cidadão, a globalização que embora aproxime a comunidade mundial, cria problemas na perda da identidade cultural de cada país, a decadência da moral e dos costumes, principalmente por uma liberalidade excessiva dos meios de comunicação, o distanciamento do ser humano médio das doutrinas religiosas cristãs e outras tantas que poderíamos aqui citar, quedeságuam no agravamento da violência e da criminalidade nas cidades do Brasil e do mundo.

Tudo isso, enfim, aponta para a necessidade de se repensar a polícia, para que acompanhe tais mudanças, tornando-se cada vez mais eficiente e eficaz em seu trabalho.




3. POLÍCIA COMUNITÁRIA

1. Conceitos e Interpretações Básicas

Polícia comunitária é uma filosofia e...
tracking img