Poemas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2804 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O PAPEL DA FONOAUDIOLOGIA NA ESCOLA



Alinne Lapuse
Prof Carolina dos Santos Maiola
Centro Universitário Leonardo da Vinci-UNIASSELVI
Licenciatura/ Letras (PED0441)- Módulo II
19/11/06

RESUMO

O presente trabalho tem por objetivo indicar possibilidades de atuação da fonoaudiologia no ambiente escolar, com foco para a Educação Infantil.
Considerando ser a educação humana umprocesso dependente da aquisição e desenvolvimento da comunicação faz-se de suma importância a atuação fonoaudiológica na escola. A Escola e o Fonoaudiólogo compartilham juntamente com a família a responsabilidade de assentar as bases para que as alterações da comunicação e da linguagem que estão se desenvolvendo e evidenciando na instituição escolar, sejam detectadas a tempo e sejam dados osprimeiros passos para sua possível solução, sendo este, outro campo em que se ressalta a importância da relação entre o Fonoaudiólogo e a escola.


Palavra-chave; Fonoaudiologia ; Escola ; Educação.





1 INTRODUÇÃO

A fonoaudiologia é uma área da ciência que tem como meta estudar e pesquisar técnicas e métodos de prevenção e terapia fonoaudiológica, que são desenvolvidas nacomunicação oral e escrita, voz, audição e psicomotricidade.

A atuação fonoaudiológica na educação infantil, de modo geral, permite a troca de conhecimentos entre os profissionais que atuam no local e oferece subsídios para o aproveitamento do potencial infantil, gerando condições essenciais que propiciam, por sua vez, o desenvolvimento satisfatório da criança. Desse modo, essaparticipação do fonoaudiólogo na equipe de planejamento escolar, prevista em lei, deve ter o intuito de colaborar nesse processo, pois não cabe ao fonoaudiólogo a elaboração do planejamento, entendido como tarefa essencialmente pedagógica. No entanto, uma vez que essa troca de conhecimentos gira em torno de todo esse processo pedagógico, a formação profissional do fonoaudiólogo permite umacontribuição com o intuito de aperfeiçoar todo o processo de desenvolvimento infantil.





2 HISTÓRIA DA FONOAUDIOLOGIA

O estudo sincrônico da fonoaudiologia no Brasil e o histórico da profissão no mundo foram realizados através de um trabalho conjunto da APROFERJ e da SBL (hoje SOFERJ) com os seguintes fonoaudiólogos: Paulo Goulart, Sandra A . Goulart, Solange Issler, Marjorie Hasson, MaraDantas.
A Fonoaudiologia é definida no dicionário "Terminology of Communication Disorders" editado em 1980 pela Williams and Wilkins Company-Baltimore como: "Speech Science: study, analysis and measurement of all components of the processes involved in the production and reception of Speech. Synonime: Speach and Hearing Science". Na maioria dos países da Europa, América do Norte, África, Ásia,Área do Pacífico e América Latina a profissão é reconhecida geralmente pelo Ministério da Saúde ou da Educação ou ambos, ou ainda, pelos Governos Estaduais ou Federais, dependendo da legislação de cada país.
De 32 países dos quais tem-se vasta informação apenas cinco não tem a profissão reconhecida, dentre os quais, o Brasil, embora em todos os cinco a profissão seja exercida. O primeiropaís a reconhecer a profissão foi a Hungria em 1900. antes de 1940, cinco países reconheceram a profissão sendo eles: Áustria, Nova Zelândia, Alemanha, Noruega e Iugoslávia. Ao redor dos anos 60, mais onze países reconheceram esta profissão.
A história da Fonoaudiologia no Brasil, de início, não se diferencia da Educação Especial. Já se pensava em reabilitação no Brasil na época do Império.Em1854 foi fundado o Imperial Colégio para meninos cegos - hoje, Instituto Benjamim Constant. Em 1855 foi fundado o Colégio Nacional, destinado ao ensino dos surdos.
Passou o dito Colégio, sucessivamente, pelos seguintes nomes: Imperial Instituto de Surdos-Mudos (1857), Instituto Nacional de Surdos Mudos (1949), para em 1957 ser definitivamente reconhecido pelo nome de Instituto Nacional...
tracking img