Plastico biodegradavel advindo da cana de açucar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2069 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Anhanguera Educacional
Centro Universitário de Santo André (UNIA)

Adriano da silva Andrade

Adilson Luiz Lourenço

Vinicius Rodrigues da Silva

Maikel martinz de lima

Wilian dos Santos de oliveira

Filipe Rodrigues dos santos

PLASTICO BIODEGRADAVEL ADVINDO DA CANA DE
AÇUCAR

Santo André
2012

1

Anhanguera Educacional
Centro Universitário de Santo André (UNIA)PLASTICO BIODEGRADAVEL ADVINDO DA CANA DE
AÇUCAR

Aluno: Adriano da silva Andrade Ra: 2543426877

Aluno: Adilson Luiz Lourenço

Aluno: Vinicius Rodrigues da Silva Ra: 1185407478

Aluno: Maikel martinz de lima Ra. 1157372451

Aluno:Wilian dos Santos de oliveira Ra: 1155377399

Aluno: Filipe Rodrigues dos santos

Ra: 1112299714

Trabalho apresentado à
disciplina de:
paraObtenção denota.
Profº Edinaldo Roque

Santo André
2012

2

INTRODUÇÃO

Há mais de dez anos, a empresa PHB Industrial produz em escala piloto o Biocycle, um plástico biodegradável
feito com açúcar de cana. Apesar de dominar a tecnologia para fabricar diversos produtos com o polímero
e para tornar seu custo competitivo quando comparado ao do plástico convencional, a empresa ainda não
conseguiu elevarsua produção a uma escala industrial.

Para Roberto Nonato, engenheiro de desenvolvimento da PHB Industrial, o caminho mais curto para levar o
Biocycle ao mercado seria uma parceria com a indústria petroquímica. "Temos tentado isso há alguns anos,
mas o pessoal do petróleo não costuma conversar com o pessoal do açúcar”, disse durante sua apresentação
no workshop "Produção Sustentável deBiopolímeros e Outros Produtos de Base Biológica”, realizado na sede
da FAPESP.

A história do Biocycle começou no início dos anos 1990, época em que a Cooperativa dos Produtores de
Cana, Açúcar e Álcool do Estado de São Paulo (Copersucar) procurava outros produtos que pudessem ser
fabricados em uma usina de açúcar que não fossem commodities.

Por meio de uma parceria com o Instituto dePesquisas Tecnológicas (IPT) e com o Instituto de
Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade de São Paulo (USP), a Copersucar conseguiu produzir o
polihidroxibutirato (PHB) – um polímero da família dos polihidroxialcanoatos (PHA) com características
físicas e mecânicas semelhantes às de resinas sintéticas como o polipropileno – usando apenas açúcar
fermentado por bactérias naturais do gêneroalcalígeno.

Em 1994, uma planta piloto foi instalada na Usina da Pedra, em Ribeirão Preto. Em 2000, foi criada a PHB
Industrial e a tecnologia passou a pertencer ao Grupo Pedra Agroindustrial, de Serrana, e ao Grupo Balbo, de
Sertãozinho.

Com apoio da FAPESP por meio do Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE)
e auxílio de pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos(UFScar), a empresa desenvolveu a
tecnologia de produção dos pellets –pequenas pastilhas cilíndricas feitas com uma mistura de PHB e fibras
naturais–, matéria-prima usada pela indústria transformadora para produzir utensílios de plástico.

Sumário

1. SUSTENTABILIDADE

2. OBJETIVO

3

3. PRODUÇÃO

4. PROBLEMA

5. MEIO AMBIENTE

6. CRONOGRAMA

7. PRODUTO E TECNOLOGIA

8.FORNECEDORES

9. MERCADO POTENCIAL

10. CONCORENCIA

11. OUTROS DEGRADAVEIS

12. MALEFICIOS DO PLASTICO

13. FATOR DESEQUILIBRIO

14. CRESCIMENTO POPULACIONAL

15. ECONOMIA GERAL

16. LIXO

17. EXPORTAÇÃO

18. DESTINAÇÃO FINAL

19. METODOLOGIA

20. REFERENCIA BIBLIOGRAFICA

1.SUSTENTABILIDADE

Os plásticos convencionais são produzidos, principalmente, a partir de matérias-primas provenientes do petróleo, um recurso natural não renovável. Inserido no
contexto atual de preocupação crescente com o ambiente, tem-se o bioplástico, um
material produzido a partir de matéria-prima renovável e que, quando descartado
em condições que favorecem o processo de decomposição do mesmo, integra-
se mais rápido à natureza do que os plásticos convencionais. No que se refere a...
tracking img